Topo

Lacta usa embalagem retrô para atrair saudosistas e marcar 100 anos

Aiana Freitas

Do UOL, em São Paulo

14/08/2012 06h00

A Lacta, fabricante do bombom Sonho de Valsa, resgatou uma embalagem usada pela marca na sua tradicional barra de chocolate ao leite, nos anos 1920, para comemorar o aniversário de 100 anos da empresa. O produto começa a ser vendido em todo o país no fim deste mês, dentro de uma lata com visual igualmente retrô.

A lata será vendida com três barras de 170 gramas: uma com a embalagem "vintage", outra com a atual e uma terceira que convida o consumidor a acessar a página da empresa no Facebook e brincar com a ideia de como serão os próximos 100 anos.

O lançamento é a maior aposta da empresa no seu centenário, que vem sendo comemorado desde o começo do ano. Na Páscoa, a Lacta colocou no mercado o primeiro produto criado especialmente para o aniversário: um ovo de páscoa que reunia cinco sabores diferentes de chocolate.

Agora, com a lata retrô, a Lacta espera atingir em cheio o consumidor mais saudosista, que vem acompanhando a marca ao longo dos anos. Além das barras, a Lacta tem outros chocolates tradicionais em seu portfólio, como Bis, Sonho de Valsa e Diamente Negro, entre outros.

"Quisemos resgatar o passado, mas sem deixar de olhar para o futuro", diz a gerente de marketing da Lacta, Patrícia Borges. “A ideia de lançar a lata é que o consumidor possa guardá-la depois.”

Em outubro, deve ser lançado um livro sobre os 100 anos da empresa, que era brasileira, mas foi vendida para a americana Kraft Foods, dona de marcas como Toblerone, Tang, Cadbury, Trakinas, Trident, Halls e fermento Royal.

Barras ganharam novas embalagens e formatos

O centenário da marca tem sido marcado também por outras novidades. As embalagens de todos os tabletes passaram por uma reformulação e ganharam um aspecto mais "clean". O azul do logotipo, antes mais escuro, ficou turquesa.

O formato das próprias barras mudou: a parte de cima dos quadradinhos que dividem o chocolate ganhou um aspecto ondulado. A ideia, segundo a gerente de marketing da Lacta, é que o pedaço de chocolate possa ser encaixado mais facilmente no céu da boca.

Outra grande aposta para este ano é o chocolate aerado Bubbly, concorrente direto do Suflair, da Nestlé. O produto é derivado de um chocolate da marca Cadbury.

Fábrica de Curitiba é a maior da Kraft no mundo

Sem revelar números totais, Patrícia Borges diz apenas que, por causa do aniversário, os investimentos da marca cresceram 45% neste ano. A empresa também está aumentando a quantidade de pontos de venda no país, de 250 mil para 350 mil até o fim do ano.

O crescimento da renda e do consumo de chocolates no Brasil tem feito a Lacta ocupar, atualmente, papel de destaque dentro do grupo Kraft Foods.

A fábrica da Lacta em Curitiba (PR) é, atualmente, a maior entre todas as unidades da Kraft existentes no mundo. "O mercado de chocolates ainda tem muito para crescer no Brasil. Hoje, o consumo médio no país é de cerca de dois quilos por ano por pessoa. Na Europa, o consumo chega a 9kg por ano e, nos Estados Unidos, a  dez quilos", diz Patrícia Borges.

Mais Economia