IPCA
0.43 Fev.2019
Topo

Lucro do Itaú cai 7% em 2012, mas é o 2º maior da história dos bancos

Ricardo Moraes/AP
Imagem: Ricardo Moraes/AP

Do UOL, em São Paulo

2013-02-05T07:53:02

05/02/2013 07h53

O Itaú Unibanco anunciou nesta terça-feira (5) que encerrou 2012 com lucro líquido de R$ 13,594 bilhões, queda de 7% em relação a 2011. Os ativos totais alcançaram a marca de R$ 1,014 trilhão.

Mesmo com a queda, o lucro do banco é o segundo maior da história do setor no país, fica atrás do próprio resultado de 2011, quando ganhou R$ 14,621 bi, segundo dados da consultoria Economatica.

Entre os cinco maiores lucros da história dos bancos, três são do Itaú. Banco do Brasil e Bradesco preenchem as outras posições.

Maior banco privado do país

O maior banco privado do país, encerrou o quarto trimestre com queda no lucro líquido, mas com melhora em índices de inadimplência e expectativa de avanço de dois dígitos na carteira de crédito em 2013, após um ano em que reviu critérios de financiamento para conter aumento de calotes.

A instituição, que em 2012 se tornou o primeiro banco privado do país a alcançar a marca de R$ 1 trilhão em ativos totais, teve lucro líquido de R$ 3,492 bilhões no 4º trimestre de 2012, queda de 5% sobre o mesmo período de 2011.

Bancos têm 'fraco' crescimento

Os números do Itaú Unibanco foram divulgados alguns dias após Bradesco e Santander Brasil anunciarem resultados que mostraram fraco crescimento dos empréstimos e manutenção da inadimplência em nível elevado.

No caso do Itaú, o índice de calotes em operações vencidas há mais de 90 dias ficou em 4,8% no quarto trimestre, apresentando redução tanto nas linhas de pessoa física quanto jurídica. Um ano antes, o indicador havia sido de 4,9% e no terceiro trimestre, de 5,1%.

Já as despesas com provisão para perdas com crédito somaram R$ 5,68 bilhões no quatro trimestre, abaixo dos R$ 5,94 bilhões verificados nos três meses anteriores, mas acima dos R$ 5,45 bilhões registrados um ano antes.

Diante de maior cautela na concessão de financiamentos no ano passado, a carteira do crédito do Itaú fechou 2012 em R$ 426,59 bilhões, crescimento de 7,45% sobre 2011.

Itaú está otimista em 2013

Para 2013, porém, o banco demonstra mais otimismo, com uma expectativa de crescimento da carteira entre 11% e 14%, enquanto as despessas com provisões são esperadas entre R$ 19 bilhões e R$ 22 bilhões, após R$ 23,64 bilhões em 2012.

Ainda nesta terça-feira, o Itaú Unibanco informou que seu conselho de administração aprovou declaração de juros complementares sobre capital próprio a seus acionistas de R$ 0,3824 por ação relativos a 2012. O pagamento será feito em março.

(Com Reuters)

Mais Economia