PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Na seca, lucro da Sabesp salta 15 vezes no 4º tri, mas cai 41% em um ano

Nilton Cardin/Estadão Conteúdo
Imagem: Nilton Cardin/Estadão Conteúdo

25/03/2016 18h40

Em meio à crise de falta de água, a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) teve lucro líquido de R$ 461 milhões no quarto trimestre de 2015. O valor é quase 15 vezes maior que os R$ 31,4 milhões no mesmo período de 2014.

Considerando o ano todo, a empresa também lucrou, mas houve uma redução: o lucro de 2015 inteiro foi de R$ 536,3 milhões, uma queda de 41% em relação ao ganho de 2014 (R$ 903 milhões).

O quarto trimestre registrou aumento de 13% na receita operacional líquida e melhora no resultado financeiro.

Fim do bônus e da multa

A Sabesp anunciou na quinta-feira que quer suspender a partir de 1º de maio o bônus para quem reduziu o consumo de água, devido à falta de água. Também pretende interromper a cobrança de multa para quem aumentar o consumo de água.

A aplicação da tarifa de contingência gerou no ano passado como um todo uma receita bruta extra de R$ 499,7 milhões para a Sabesp, enquanto o bônus concedido para aqueles que reduziram o consumo de água gerou um impacto negativo de R$ 926,1 milhões na receita bruta, de acordo com dados divulgados pela empresa nesta sexta-feira.

(Com Reuters)

Economia