IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Justiça determina que PF envie ao governo laudos que embasaram Carne Fraca

Rogério de Santis/Futura Press/Estadão Conteúdo
Imagem: Rogério de Santis/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

21/03/2017 16h05

A Justiça atendeu a um pedido do Ministério da Agricultura e determinou que a Polícia Federal apresente ao órgão os laudos que embasaram a Operação Carne Fraca, deflagrada na sexta-feira (17). A decisão é do juiz Marcos Josegrei, da 14ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelos desdobramentos da operação na Justiça.

O ministério solicitou também informações que ajudem a identificar os produtos que estariam irregulares, como número de lote, data de vencimento e registro da empresa no SIF (Sistema de Inspeção Federal).

A decisão foi publicada em despacho na segunda-feira (20). A Polícia Federal foi intimidada e deve enviar os laudos ainda nesta terça-feira diretamente ao ministério; os documentos devem ser anexados ao inquérito, segundo a 14ª Vara Federal de Curitiba --como o inquérito é sigiloso, não é certo se os documentos serão divulgados ao público.

UOL questionou a Polícia Federal sobre a intimação e sobre quantos laudos embasaram a operação. A PF disse que divulgará as informações em balanço final da Carne Fraca ainda nesta terça.

"Essas informações serão salutares para subsidiar as eventuais medidas cautelares a serem adotadas, isolada ou cumulativamente, como apreensão de produtos; suspensão provisória do processo de fabricação ou de suas etapas, determinação de recolhimento do mercado de lote de produtos que representem risco ou agravo à saúde dos consumidores", afirma o Ministério da Agricultura em seu ofício, datado da última sexta-feira (17).

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitára) afirma que também pediu ao Ministério e à Policia Federal as informações sobre os produtos investigados, com seus respectivos lotes, datas de fabricação e laudos de análises que tenham sido realizadas.

"Tais informações serão imediatamente repassadas às Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, orientando as mesmas nas ações de inspeção dos produtos das empresas investigadas pela Operação 'Carne Fraca'", afirma a Anvisa.

Críticas à atuação da PF

Membros do governo e representantes do setor produtivo criticaram a atuação da Polícia Federal no caso Carne Fraca. 

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou que a “narrativa” da PF ao divulgar as ações da Carne Fraca está cheia de “fantasias” e “idiotices”

A própria Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) defendeu a atuação dos agentes federais, mas criticou a forma como as investigações foram divulgadas

Membros da equipe ligada à operação contestaram as críticas e afirmaram que ainda há muito material sob sigilo e que a operação deve ter desdobramentos mais adiante.

Saiba como escolher uma carne livre de riscos à saúde

TV Jornal

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia