Empréstimo em cooperativa de crédito terá imposto igual ao dos bancos

Do UOL, em São Paulo

  • iStock

Os empréstimos feitos em cooperativas de crédito passarão a pagar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) assim como aqueles feitos em bancos e outras instituições financeiras. Até o momento, essas transações financeiras eram isentas da cobrança do IOF.

A decisão foi anunciada na noite desta quarta-feira (29) pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, como parte das medidas para evitar um rombo maior nas contas públicas. Segundo o ministro, essa mudança deve gerar R$ 1,2 bilhão em arrecadação para o governo.

"Existe a eliminação de uma distorção no mercado de crédito na medida em que existe um dos agentes concedentes de crédito, que são as cooperativas de crédito, que hoje não têm a incidência do IOF. Então, isso é meramente uma questão de isonomia", disse Meirelles. 

As cooperativas de crédito têm sido cada vez mais uma alternativa aos bancos na hora de tomar um empréstimo. Os juros menores são um dos principais atrativos das cooperativas, dizem os especialistas. Em alguns casos, os juros são menos da metade do cobrado em bancos.

(Com Agência Brasil e Valor)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos