Mulheres dominam equipe de sommeliers na Ambev, mas ainda há preconceito

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    A gerente de conhecimento cervejeiro da Ambev, Beatriz Ruiz, 29

    A gerente de conhecimento cervejeiro da Ambev, Beatriz Ruiz, 29

As mulheres estão se especializando em cerveja e têm conseguido conquistar mais espaço no mercado. Prova disso está na equipe nacional de sommeliers da Ambev. De 26 especialistas em cerveja, 18 são mulheres. Elas degustam, dão aula sobre o assunto, mas contam que ainda há preconceito contra mulheres no mercado.

Beatriz Ruiz, 29, foi contratada pela empresa em 2015 e ficou responsável por montar a equipe. Formada em letras, ela chegou a trabalhar com marketing, mas decidiu apostar no mercado de cervejas em 2012 quando fez um curso de sommelier.

Com novos rótulos de cerveja entrando para a lista da Ambev, a empresa decidiu que precisava de profissionais que entendiam sobre a bebida para passar conhecimento aos clientes. "Começou a haver muitas cervejas novas e a Ambev decidiu contratar uma equipe especializada e apaixonada pela bebida".

Trabalho não é só degustar

Na Ambev, a equipe de sommeliers não só entende de cerveja, mas também ajuda a divulgar as marcas e vendê-las. "Eles fazem negociações, indicam a cerveja certa de acordo com o cardápio da casa e das pessoas que frequentam o local, treinam garçons para que eles possam dizer qual a melhor opção para o cliente e falam com o que a cerveja pode ser harmonizada", diz Ruiz.

O trabalho, portanto, não se limita a degustação. "Não é isso. Também degustamos, mas é um trabalho de educação cervejeira. Tem a parte de vendas, ensinar como servir e orientar com o que cada uma combina. É uma mistura de várias condições: vendas, serviço, marketing e conhecimento."

Hoje, a especialista atua como gerente de conhecimento cervejeiro na empresa. Ela é responsável por fazer treinamentos, dentro e fora da Ambev, sobre a educação cervejeira. "O brasileiro tem cultura de tomar bastante cerveja, mas não tem cultura de conhecer a bebida. Dá para harmonizar cerveja com tudo, até com sobremesa".

Para ela, ao indicar a cerveja certa, é possível fazer com que quem não gosta da bebida passe a apreciá-la. "Às vezes, a pessoa só não gosta porque não foi oferecida a cerveja certa". 

Preconceito: "mulher entende de cerveja?" 

Mesmo garantindo mais espaço no setor cervejeiro, as mulheres ainda enfrentam preconceito.

"Tem gente que se surpreende quando falo que trabalho com cerveja. Ainda escuto o comentário: 'Mas mulher entende de cerveja?' Existe um pouquinho de resistência. Já aconteceu de eu dar palestra e algum homem não ficar confortável por eu entender mais de cerveja do que ele, mas é difícil de acontecer", diz Ruiz.

Laura Aguiar, 33, sommelier e mestre cervejeira da Ambev, afirma que também sente um pouco de machismo. "Quando falo que trabalho com cerveja, as pessoas ainda ficam surpresas. Muitas questionam e até duvidam um pouco", disse.

"Se você vai em um bar com um amigo e pede uma cerveja amarga e outra doce, sempre a doce vai para você e amarga para seu amigo. Cerveja é para qualquer um".

Divulgação
Laura Aguiar é mestre cervejeira e sommelier da Ambev

Aguiar é formada em engenharia de alimentos. Ela entrou na Ambev há dez anos como estagiária. Em 2009, fez um curso de técnico cervejeiro e, no ano seguinte, seguiu para os Estados Unidos para se tornar mestre cervejeira.

Em 2015, Aguiar decidiu fazer o curso de sommelier e trabalhou, durante três anos, em uma área de desenvolvimento de produto, criando não só novas cervejas, mas também tecnologias e equipamento para a produção.

Agora, ela atua em uma área que analisa o mercado, verifica se o que está sendo criado está dando resultados e avalia o comportamento do consumidor.

Qual a diferença entre sommelier e mestre cervejeiro?

"Um mestre cervejeiro não é necessariamente sommelier e um sommelier não é necessariamente um mestre cervejeiro", explica Ruiz.

O mestre cervejeiro produz, verifica e supervisiona toda a produção. Ele é o que gerencia o processo. "O mestre cervejeiro faz tudo o que for relacionado a produção de cerveja. Não é só degustar, é cuidar de todo o processo", diz Aguiar.

Já o sommelier entende sobre o processo de fabricação, mas não está apto a produzir. Ele degusta tipos diferentes de cerveja e faz a análise sensorial das receitas, para verificar a qualidade e sabor. O profissional também atua na parte comercial e pode dar treinamentos.

O que faz um mestre cervejeiro?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos