Bolsas

Câmbio

"A gente vai deixando para a última hora", diz trabalhadora na fila do FGTS

Aline Gama, Marcela Lemos e Ricardo Marchesan

Colaboração para o UOL e do UOL, em Maceió, Rio de Janeiro e São Paulo

  • Marcela Lemos/UOL

    A gerente de loja Adriana Souza (de cachecol), 33, poderia ter sacado o FGTS em abril

    A gerente de loja Adriana Souza (de cachecol), 33, poderia ter sacado o FGTS em abril

Você tem dinheiro para sacar de contas inativas do FGTS mas deixou para a última hora? Saiba que não está sozinho. Segundo o último balanço da Caixa Econômica Federal, aproximadamente 5 milhões de trabalhadores ainda não haviam retirado os recursos disponíveis até o dia 19 deste mês. O prazo de retirada acaba na segunda-feira (31), exceto para quem provar que teve dificuldades em ir até uma agência. 

A gerente de loja Adriana Souza, 33, poderia ter sacado o benefício em abril, mas só entrou na fila do saque nesta sexta-feira (28).

A gente vai deixando para a última hora. Estava sempre enrolada com trabalho

"Agora, vou aproveitar para comprar um celular novo (...) e ainda deve sobrar alguma coisa", conta Souza, uma das pessoas à espera de atendimento nesta manhã na agência da Rua das Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro. 

Duas semanas para sacar R$ 84

O pedreiro Bernardo da Silva, 48, também na fila dos saques nesta sexta-feira, diz que está há duas semanas para conseguir sacar apenas R$ 84. Ele saiu de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, às 6h30 para chegar às 9h10 no banco da capital.

"Lá em Belford Roxo as filas estão muito grandes. Preferi vir para cá, mas está difícil fazer o saque. Fui informado que poderia fazer no caixa eletrônico, mas acabou saindo um papel informado que deveria fazer a retirada presencialmente no banco. São apenas R$ 84", lamenta ele.

Saiu sem o dinheiro

O estoquista Felipe Gomes, 29, chegou feliz à agência da Caixa para sacar R$ 900 e descobriu que sairia de lá sem o dinheiro extra. "Só soube agora aqui no banco que não me encaixo nos requisitos para fazer o saque."

Já estava feliz fazendo planos com o dinheiro 

Segundo o estudante de administração, os recursos do FGTS inativo serviriam para pagar a mensalidade atrasada de sua faculdade e ajudar a mulher, "que está enrolada com cartão de crédito".

Marcela Lemos/UOL
Felipe Gomes, 29, tentou sacar o FGTS, mas descobriu que não tinha direito

Fila em São Paulo e movimento tranquilo no Rio e em Maceió

O movimento era tranquilo nesta sexta-feira (28) nas agências visitadas pela reportagem do UOL no Rio de Janeiro e em Maceió (AL).

Trinta minutos após a abertura da agência em Laranjeiras, no Rio, não havia mais fila na calçada do banco. Na maior agência da Caixa em Maceió, localizada na avenida Fernandes Lima, bairro do Farol, o saque do FGTS de contas inativas ocorria normalmente, sem reclamações. 

Já no centro de São Paulo, as filas estavam grandes pela manhã. Na agência da Caixa da rua Direita, a previsão de espera por volta das 11h30 chegava a duas horas, e na da Praça da Sé era de duas horas para ser atendido. A fila, porém, reunia diversos tipos de atendimento, não apenas de pessoas querendo sacar o FGTS de contas inativas.

Na Sé, o atendente afirmou que muitos estavam em busca do abono salarial, que começou a ser liberado na última quinta-feira (27), e que o movimento de clientes para sacar o FGTS não estava acima do normal. Ele afirmou, porém, que a expectativa é que o movimento esteja maior na segunda-feira (31), último dia do prazo de saques.

Quem tem direito?

Tem direito ao saque do FGTS inativo o trabalhador com carteira assinada que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

O saque das contas inativas começou em março, e os últimos a terem os recursos liberados foram os trabalhadores nascidos em dezembro. Mesmo aqueles que poderiam ter sacado nos meses anteriores ainda podem receber o dinheiro normalmente.

Perdeu o prazo?

Após 31 de julho, o trabalhador que não retirar o valor das contas inativas do FGTS e não entrar na exceção do decreto divulgado pelo governo só vai poder sacar esses recursos seguindo as regras antigas: ao se aposentar ou se for comprar a casa própria, por exemplo.

Como receber seu dinheiro

Há diferentes opções disponíveis para receber os valores de contas inativas do FGTS. A Caixa orienta que, antes de sair de casa, o trabalhador consulte o site ou o 0800-726-2017 para descobrir qual a melhor opção de pagamento para ele.

1. Crédito em conta

- Tem conta poupança individual na Caixa? Não precisa fazer nada: o dinheiro já deve ter sido transferido automaticamente, no primeiro dia do calendário de saques.

2. Caixas eletrônicos

- Tem até R$ 1.500 em cada conta inativa para receber? É possível sacar o dinheiro nos caixas eletrônicos da Caixa só inserindo a senha do Cartão do Cidadão, mesmo que tenha perdido o documento. Esse é o caso da maioria dos trabalhadores, segundo dados da Caixa.

- Tem entre R$ 1.500 e R$ 3.000 em cada conta inativa para receber? Você pode sacar o dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa. Preciso do Cartão do Cidadão e da respectiva senha.

Atenção: o limite de valor é para cada uma das contas inativas. Por exemplo, se o trabalhador tiver R$ 1.000 em uma conta e R$ 1.500 em outra, pode fazer os dois saques em caixas eletrônicos.

3. Agências lotéricas e correspondentes

- Tem até R$ 3.000 em cada conta inativa para receber? Você também pode sacar o dinheiro em agências lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Você precisa levar o Cartão do Cidadão, a respectiva senha e um documento com foto.

Atenção: o limite é para cada uma das contas inativas. Por exemplo, se o trabalhador tiver R$ 2.000 em uma conta e R$ 2.500 em outra, pode fazer os dois saques em lotéricas ou correspondentes bancários.

4. Agências da Caixa

- Tem mais de R$ 3.000 em uma conta inativa para receber? Nesse caso, é preciso ir a uma agência da Caixa. Os documentos necessários são o número do PIS (Programa de Integração Social) e um documento com foto.

- Tem mais de R$ 10 mil em uma conta inativa para receber? É preciso ir a uma agência da Caixa e é obrigatório levar também a carteira de trabalho ou documento que comprove o fim do vínculo de trabalho.

Atenção: a Caixa recomenda que todos que forem a uma agência levem um documento com foto mais a carteira de trabalho para facilitar o atendimento.

Saque ou transferência para outros bancos

Além de sacar o valor em dinheiro, quem for às agências da Caixa também poderá transferir os recursos para outro banco sem pagar nada.

Para quem tem conta poupança na Caixa, há uma vantagem: o prazo para transferir o dinheiro é maior, até 31 de agosto. Para os demais, o prazo é 31 de julho.

Ele tinha R$ 15 mil no FGTS, mas já gastou metade em fim de semana na praia

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos