Bolsas

Câmbio

Aposentados podem sacar dinheiro do PIS nesta sexta; média é R$ 1.200

Do UOL, em São Paulo

Começa nesta sexta-feira (17) a segunda fase de pagamentos do Fundo PIS/Pasep para aposentados. A maioria dos que têm direito ao benefício tem pelo menos R$ 750 no fundo, segundo o Ministério do Planejamento. O valor médio de todos os pagamentos (PIS e Pasep juntos) é de R$ 1.200.

Os aposentados que têm conta na Caixa (para o PIS) ou no Banco do Brasil (para o Pasep) já receberam os valores na terça-feira (14).

Leia também:

Para idosos com 70 anos ou mais o saque já havia sido liberado em outubro, mas ainda continua disponível.

Nesta fase, serão beneficiados cerca de 1,2 milhão de trabalhadores que não estão mais na ativa. Ao todo, eles poderão sacar mais de R$ 1,7 bilhão.

Calendário de saque

Cerca de 8 milhões de pessoas devem receber o dinheiro até o fim do ano. O governo definiu o seguinte calendário para os pagamentos:

  • A partir de 19/10: para quem tem 70 anos ou mais
  • A partir de 17/11: para quem já está aposentado
  • A partir de 14/12: para mulheres com 62 anos ou mais e homens a partir dos 65 anos

Não há prazo final para o saque. Quem tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil receberá o dinheiro automaticamente dois dias úteis antes da abertura do calendário de cada mês. 


Quem tem direito

Só tem dinheiro nesse fundo quem trabalhou como contratado em uma empresa ou servidor público antes de 4 de outubro de 1988 e ainda não sacou todos os recursos. 

Para poder sacar o saldo dessa conta, é necessário preencher pelo menos um dos seguintes requisitos:

  • 65 anos completos para homens e 62 para mulheres;
  • estar aposentado;
  • invalidez;
  • reforma militar ou transferência para a reserva remunerada;
  • câncer de titular ou de dependentes;
  • portador de HIV;
  • amparo social ao idoso, concedido pela Previdência;
  • amparo assistencial a portadores de deficiência da Previdência;
  • doenças graves
  • em caso de morte do trabalhador, a família pode sacar

Como consultar o valor

Para o PIS (trabalhadores de empresas privadas)

É possível fazer a consulta pelo site da Caixa Econômica Federal ou pelo telefone 0800-726-0207. O banco também oferece o aplicativo Caixa Trabalhador como opção.

Atenção: é preciso informar o número do NIS. Ele pode ser encontrado no Cartão do Cidadão, na carteira de trabalho ou no extrato do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Também é necessário cadastrar uma senha de internet. 

- Quem tem a senha do Cartão do Cidadão:

  • Acesse esse site
  • Digite seu número do NIS
  • Clique no botão "Cadastrar Senha"
  • Leia o contrato de prestação de serviços e clique em "Aceito"
  • Informe a senha do Cartão do Cidadão e a senha de internet que quer cadastrar

- Quem não tem a senha do Cartão do Cidadão:

  • Acesse esse site
  • Digite seu número do NIS
  • Clique em "Cadastrar Senha"
  • Leia o contrato de prestação de serviços e clique em "Aceito"
  • Preencha os dados solicitados e clique em "Confirmar"
  • Cadastre a senha desejada e clique em "Confirmar"
  • Se tiver o Cartão do Cidadão, faça o pré-cadastramento da senha pelo telefone 0800-726-0207. Para finalizar o cadastro, é preciso ir a uma lotérica
  • Se não tiver o Cartão do Cidadão, será preciso ir a uma agência da Caixa

Para o Pasep (servidores públicos)

É possível fazer a consulta pelo site do Banco do Brasil, informando o número de inscrição do Pasep ou o CPF e a data de nascimento.


Como fazer o saque

Quem tem conta na Caixa ou no BB:

Quem tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil receberá o dinheiro automaticamente dois dias úteis antes da abertura do calendário de cada mês.

Quem não tem conta na Caixa e vai sacar a cota do PIS:

  • Até R$ 1.500: saque nos caixas eletrônicos apenas com a senha do Cartão do Cidadão ou em lotéricas e correspondentes Caixa Aqui com Cartão do Cidadão, senha e documento oficial com foto
  • Até R$ 3.000: saque nos caixas eletrônicos com o Cartão do Cidadão e a senha ou nas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui com Cartão do Cidadão, senha e documento oficial com foto
  • Acima de R$ 3.000: nas agências da Caixa com documento oficial com foto

Quem não tem conta no Banco do Brasil e vai sacar o Pasep

  • Até R$ 2.500: será possível pedir o envio do dinheiro por meio de TED (Transferência Eletrônica Disponível) para outro banco pelo site do Banco do Brasil ou nos caixas eletrônicos do banco
  • Acima de R$ 2.500: nas agências do Banco do Brasil com documento oficial com foto

Saiba mais

O que é o Fundo PIS/Pasep?

Até 1988, as empresas e órgãos públicos depositavam dinheiro no Fundo PIS/Pasep em nome de cada um dos seus funcionários e servidores contratados. Cada trabalhador, então, era dono de uma parte (cota) no fundo.

Portanto, quem trabalhou como contratado em uma empresa ou servidor público antes de 4 de outubro de 1988 tem uma conta do PIS/Pasep.

Quem trabalhou depois de 1988 tem direito?

Não. A partir de outubro de 1988, os trabalhadores deixaram de ter contas individuais do Fundo PIS/Pasep. Desde então, o dinheiro arrecadado vai para o Fundo de Amparo ao Trabalhador, que é usado para pagar benefícios como seguro-desemprego e abono salarial.

Herdeiros podem sacar?

Para herdeiros de cotistas que morreram, o saque pode ser feito independentemente do calendário.

Qual o valor médio do saque?

De acordo com o Ministério do Planejamento, o valor médio (PIS e Pasep juntos) é de R$ 1.200. A Caixa afirma que para os trabalhadores de empresas privadas com direito ao fundo do PIS, o valor médio é de R$ 1.750. Já o Banco do Brasil não divulgou os valores médios pagos aos funcionários públicos com direito ao Pasep.

Se não sabe responder a estas 5 questões, será muito difícil ficar rico

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos