Bolsas

Câmbio

Cobrança de bagagem não derruba preço médio de passagem aérea, diz agência

Do UOL, em São Paulo

A cobrança de bagagem despachada não derrubou o preço médio das passagens aéreas vendidas no país, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira (21) pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

A tarifa média em voos dentro do país ficou praticamente estável no segundo semestre de 2017 na comparação com o mesmo período de 2016: passou de R$ 383,9 para R$ 384,21. 

A cobrança pelo transporte da bagagem foi aprovada pela Anac em dezembro de 2016, mas as empresas aéreas começaram a aplicar a mudança a partir de junho.

Leia também:

Queda em 2017

Em 2017 todo, porém, o preço médio da passagem para voar dentro do país foi de R$ 357,16, representando redução de 0,6% em relação a 2016 e o menor valor registrado para um ano desde o início da pesquisa, em 2011.

Ao longo do ano do ano passado, 6,6% das passagens foram vendidas com tarifas aéreas abaixo de R$ 100 e 52,9% abaixo de R$ 300. As passagens acima de R$ 1.500 representaram 0,7% do total, segundo a agência. 

A Anac afirmou que diversos fatores contribuíram para a queda do preço médio no ano passado, e não atribuiu especificamente a variação ao início de cobrança pela bagagem despachada.

"A associação de oscilações nos preços a qualquer possível causa, como o transporte de bagagem, depende necessariamente de uma série temporal robusta com diversos indicadores, para que seja possível isolar os impactos de cada variável considerada", informou a agência em nota. 

Procurada pelo UOL, a Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas) disse que concorda com a afirmação da Anac de que, apesar de a franquia de bagagem despachada ter passado a constituir novo item para diferenciação dos serviços, "ainda não é possível verificar seu efeito nas tarifas". 

Veja caminho que sua mala faz no aeroporto depois de despachada

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos