IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Sem receber diesel, termelétrica causa racionamento de energia em RO

Greve dos caminhoneiros entra no quarto dia, com impactos em todo o país - Edmar Barros/Futura Press/Estadão Conteúdo
Greve dos caminhoneiros entra no quarto dia, com impactos em todo o país Imagem: Edmar Barros/Futura Press/Estadão Conteúdo

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

24/05/2018 16h36

A cidade de Buritis, em Rondônia enfrenta racionamento de energia elétrica devido à greve dos caminhoneiros, informou a distribuidora Eletrobras nesta quinta-feira (24). Em nota ao UOL, a empresa disse que os bloqueios nas estradas interromperam o fornecimento de óleo diesel a usinas termelétricas.

A empresa afirma ainda que, caso os bloqueios sejam mantidos, a medida poderá ser estendida a outras cidades.“Será realizado rodízio fornecimento de energia até que seja regularizado o suprimento de óleo diesel para a usina”, completou.

Leia mais:

Distritos próximos de Buritis, como Rio Branco, Jacinópolis e Rio Pardo também são impactados com o racionamento.

Não é só em Rondônia

Ao UOL, a concessionária de energia Light, do Rio de Janeiro, informou que está com atendimento restrito devido ao desabastecimento de combustível. Segundo a distribuidora, a empresa dará prioridade aos serviços considerados essenciais como hospitais, delegacias e escolas, além de atendimentos emergenciais - casos de riscos para os clientes.

A reportagem tentou entrar em contato com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) para saber exatamente quantos pontos do país passam por problema de abastecimento de energia, mas obteve resposta até o fechamento desta matéria.

A greve dos caminhoneiros contra o preço dos combustíveis tem causado diversos efeitos no país, como crise no abastecimento dos aeroportoscancelamento de voos, postos cobrando quase R$ 10 por um litro de gasolina, problema no abastecimento de água e na distribuição de energia em alguns estados.

Mais Economia