ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Após greve de caminhoneiros, mercado vê PIB crescer menos de 2% em 2018

Do UOL, em São Paulo

11/06/2018 08h49

Após a greve dos caminhoneiros, que abalou o abastecimento e afetou diversos setores da economia, o mercado passou a apontar que o Brasil crescerá menos de 2% neste ano e, pela primeira vez em quase cinco meses, reduziu as estimativas para 2019.

Pesquisa semanal Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira (11) mostrou que as projeções de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano recuaram a 1,94%, ante 2,18% no levantamento anterior.

Para 2019, as contas foram a 2,8%, interrompendo 18 semanas seguidas em que as estimativas ficaram em 3%. As contas para a inflação neste ano voltaram a ser elevadas pela quarta semana seguida.

A pesquisa também mostrou que o mercado espera menor expansão na produção industrial para 2018 e 2019, a 3,51% e 3,2%, respectivamente. Até então, as contas estavam em 3,8% e 3,5%.

Veja as previsões do Boletim Focus para 2018 divulgadas nesta segunda-feira (11) pelo Banco Central:

  • PIB: caiu de 2,18% para 1,94%;
  • Inflação: subiu de 3,65% para 3,82%;
  • Dólar: foi mantida em R$ 3,50;
  • Taxa de juros: foi mantida em 6,5%.

Leia também:

Greve dos caminhoneiros

A greve dos caminhoneiros durou 11 dias em maio e, além de afetar em cheio a economia, também levou o governo a anunciar medidas para reduzir os preços do diesel, com elevado custo fiscal que também tem potencial para arranhar a confiança dos agentes econômicos.

(Com Reuters)

O que o PIB tem a ver com a sua vida?

UOL Notícias

Mais Economia