PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Governo revisa para baixo estimativa de economia com pente-fino do INSS

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

18/01/2019 19h22Atualizada em 18/01/2019 19h45

O secretário de Previdência, Rogério Marinho, afirmou nesta sexta-feira (18) que a economia com o pente-fino nos benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é estimada em R$ 9,8 bilhões, mas que esse valor deve aumentar durante o trabalho de auditoria. 

"Existe uma curva de aprendizado. Os R$ 9,8 bilhões são valores mais conservadores e depois podem aumentar. Temos uma estimativa para o próximo ano, mas preferimos não divulgar, porque queremos acompanhar o que ocorrerá nos próximos seis meses", disse.

Anteriormente, os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, haviam falado em economia de até R$ 20 bilhões com o cancelamento de benefícios irregulares.

A medida provisória (MP) que cria um mutirão para revisar cerca de 5,5 milhões de benefícios pagos pelo INSS e que têm indícios de irregularidade foi assinada nesta tarde pelo presidente Jair Bolsonaro. 

Bolsonaro projeta aposentadoria aos 62 para homens e aos 57 para mulheres

SBT Online