IPCA
0.01 Jun.2019
Topo

Procon pede para Gol suspender voos com avião igual ao que caiu na Etiópia

Divulgação
Boeing 737 MAX 8 da Gol Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

2019-03-11T15:07:11

11/03/2019 15h07

A Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, informou que irá notificar hoje a Gol Linhas Aéreas para que suspenda imediatamente o uso dos aviões Boeing 737 Max 8, mesmo modelo da aeronave que caiu ontem na Etiópia poucos minutos após a decolagem.

Em nota, o Procon-SP afirmou que "segurança é um direito fundamental do consumidor" e que o objetivo da ação é "prevenir que ocorram futuros acidentes colocando em risco a vida dos usuários do transporte aéreo".

A Gol é a única companhia aérea brasileira que opera voos com o modelo de avião. A empresa possui sete aeronaves desse modelo, com capacidade para 186 lugares cada uma, que são usadas tanto em voos nacionais como em rotas internacionais. A aérea informou que mantém os aviões em operação enquanto acompanha as investigações.

Este é o segundo acidente fatal em menos de seis meses envolvendo o novo jato da Boeing, que foi lançado em 2017. Em outubro do ano passado, um avião da companhia Lion Air caiu pouco depois de decolar de Jacarta, na Indonésia.

Avião cai com 157 pessoas a bordo na Etiópia

Band News

Segurança em primeiro lugar

A Gol informou ao UOL ontem, por meio de sua assessoria, que está acompanhando as investigações sobre o acidente ocorrido na Etiópia.

Segundo a companhia, embora ambas as empresas aéreas tenham o mesmo modelo de aeronave, sua operação é distinta da Ethiopian Airlines, o que não permite comparações.

"A segurança está em primeiro lugar para a Gol", declarou a empresa.

Mais Economia