IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Mídia e Marketing


Campanha pede que anúncios não tenham letras miúdas e sejam transparentes

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/03/2019 20h17

O Nubank, startup focada em serviços financeiros, lançou um movimento que propõe o "fim dos asteriscos" nas campanhas: o #AsteriscoNão.

A ideia é que as empresas tenham maior transparência em sua comunicação, sem letras miúdas e notas de rodapé em anúncios.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Para isso, a fintech resolveu provocar os grandes bancos: instalou anúncios em relógios de rua próximos a agências da Caixa Econômica Federal, do Itaú e do Santander, em São Paulo.

No site criado para a ação, o Nubank explica em quais situações usou asteriscos e promete mudar este procedimento, além de repensar anúncios específicos que divulgam seu programa de pontos.

A empresa, que já possui 6 milhões de clientes, ainda reforça, no site, que "consumidores que se sentirem lesados podem procurar o Procon ou as autoridades da sua região e abrir uma denúncia".

Ideia é envolver mais empresas

"Queremos influenciar as pessoas a realizarem mudanças. A ideia é fazer com que mais empresas se engajem, de forma honesta e humana. Esperamos que os bancos tradicionais também entrem nessa missão", declara Camila Mazini, diretora de Marca e Comunicação do Nubank.

Segundo a empresa, cerca de 20 empresas já tinham aderido ao movimento.

A Natura já aceitou o desafio. Provocada por um internauta, a rede de cosméticos respondeu:


A Livraria Cultura também aderiu ao movimento e prometeu começar a transição em suas comunicações:


Dia do Consumidor: Direitos que você tem e pode não saber

Band Notí­cias

Mídia e Marketing