IPCA
0.01 Jun.2019
Topo

Cade "acordou" após liberar negócios que prejudicam consumidor, diz Guedes

Antonio Temóteo

2019-06-04T20:50:17

04/06/2019 20h50

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje que o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) "acordou" após liberar diversas fusões de empresas que podem ter prejudicado a vida dos consumidores.

"O Cade é para impedir monopólios. Batemos lá e perguntamos se é contra monopólio mesmo ou está dormindo. Liberou a (fusão) da Brahma e Antártica, Itaú e Unibanco. O Cade acordou", disse.

Guedes voltou a criticar a baixa concorrência no setor bancário. Segundo ele, os consumidores sofrem porque o país tem apenas cinco bancos.

"Se tem só quatro ou cinco bancos, eles têm lucros excepcionais. Só tem uma proteção contra um banqueiro: dois. Só tem uma proteção contra dois banqueiros: três. Só tem uma proteção contra três banqueiros: quatro. E a mesma coisa com outros setores", declarou.

Entenda o que é o spread bancário e a relação com os juros que você paga

UOL Notícias

Mais Economia