PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

Reforma da Previdência


Alcolumbre diz que prazo para votação final da reforma na CCJ não mudará

Pedro Ladeira/Folhapress
Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

24/09/2019 12h41

Apesar de a votação do parecer do relator Tasso Jereissati (PSDB-CE) sobre as emendas apresentadas à reforma da Previdência, prevista para ocorrer nesta terça-feira na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, ter sido adiada para a semana que vem, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou que o prazo para votação final permanece o mesmo.

O adiamento da votação do parecer do relator foi informado hoje pela presidente do colegiado, Simone Tebet (MDB-MS).

"Em virtude do desencontro de informações, que circulam nos mais diversos meios, reafirmo mais uma vez: não há adiamento da Reforma da Previdência no Senado Federal. O calendário permanece o mesmo, a votação, em segundo turno, da PEC 6/2019 será na segunda quinzena de outubro", afirmou Alcolumbre, no Twitter.

De acordo com a presidente da CCJ, o adiamento ocorreu a pedido de líderes e do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que deve ir ainda hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF) para conversa sobre ação de busca e apreensão realizada no Senado na última semana.

Reforma da Previdência