IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Câmara vota pedido para colocar previdência dos militares em nova votação

Câmara vota pedido para colocar previdência dos militares em nova votação - Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Câmara vota pedido para colocar previdência dos militares em nova votação Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

06/11/2019 13h11

A Câmara decide hoje se o plenário analisará ou não a reforma da Previdência dos militares. O projeto do governo Jair Bolsonaro (PSL) foi aprovado em a comissão que decidiu enviar a proposta aprovada diretamente para o Senado, sem passar pelo plenário.

O requerimento feito pelo Psol será pautado pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ). A oposição articula para debater a pauta novamente gastar o governo.

Quando foi aprovado em comissão especial, familiares de praças das Forças Armadas vaiaram Bolsonaro e o chamaram de traidor.

Caso a maioria dos deputados aprovem o pedido, o texto terá que passar pela análise dos 513 deputados. Isso aumentaria o desgaste do governo e poderia flexibilizar trechos da reforma.

Partidos como MDB, Podemos e PP tendem a votar contra a análise do projeto em plenário.

"Nao podemos aceitar uma comissão em caráter terminativo para um projeto complexo assim. Essa pauta não pode ficar restrita a análise de 30 deputados, precisamos debater em plenário ", disse O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

Já o líder do governo e militar da reserva, Major Vitor Hugo (PSL-GO), defende que a pauta siga direto para o Senado.
"Incluímos diversas categorias como policiais e bombeiros. O tema já foi bem consolidado", afirmou Vitor Hugo.

Economia