PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

App do INSS não atualiza tempo de contribuição após reforma da Previdência

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

22/01/2020 09h47

Resumo da notícia

  • Aplicativo não contabiliza tempo de contribuição após reforma
  • Sistemas do INSS ainda não se adaptaram às novas regras
  • INSS diz que avisará usuários que contagem está travada

O aplicativo Meu INSS (App Store ou Google Play) não está atualizando a contagem do tempo de contribuição dos trabalhadores desde que a reforma da Previdência entrou em vigor, em 13 de novembro de 2019.

Meu INSS - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução
A página inicial do aplicativo traz, logo no topo, o tempo de contribuição do segurado contado em anos, meses e dias. Porém, durante duas semanas, o UOL testou o aplicativo e constatou que o tempo de contribuição não foi alterado. A informação sobre o tempo de contribuição não aparece para quem entra no Meu INSS por meio do site, apenas para quem acessa as informações pelo aplicativo. É necessário fazer um cadastro.

O INSS confirmou que a contagem de tempo está travada em 13 de novembro de 2019. O instituto diz que "na próxima versão do app Meu INSS, será inserido um texto alertando da condição." A previsão é que a atualização aconteça em 28 de janeiro.

Sistema do INSS não está adaptado

O INSS já havia informado que seu sistema ainda não está adaptado às mudanças da reforma da Previdência. Seis sistemas de concessão, manutenção e pagamento de benefícios estão sendo ajustados, segundo o instituto.

Por causa dessa adaptação, segurados também não conseguem usar o simulador do Meu INSS para saber como ficaria a aposentadoria. Quem tenta acessar o serviço, encontra a seguinte mensagem: "O serviço 'Simular Aposentadoria' está temporariamente indisponível. Estamos atualizando o simulador para adequação às novas regras de aposentadoria (Emenda Constitucional nº 103 de 12 de novembro de 2019)."

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Aposentado que trabalha pode sacar FGTS todo mês?

UOL Notícias