PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Mercado do interior de São Paulo doa álcool em gel para mais de 500 pessoas

Mercado Nagae, em Votorantim, doa álcool em gel para mais de 500 pessoas - Arquivo pessoal
Mercado Nagae, em Votorantim, doa álcool em gel para mais de 500 pessoas Imagem: Arquivo pessoal

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/03/2020 14h32

Em meio à pandemia do coronavírus, um mercado de Votorantim, interior de São Paulo, está dando exemplo de empatia. O estabelecimento decidiu doar álcool em gel à população. A iniciativa atraiu mais de 500 pessoas em 24 horas.

De acordo com o sócio proprietário do Mercado Nagae, Paulo Kiynori Nagae da Silva, na segunda-feira moradores da cidade começaram uma corrida atrás de álcool em gel e o produto acabou rapidamente. No dia seguinte, a busca da população pelo produto continuou alta, porém ele não tinha mais para vender.

"Normalmente nós vendemos dois frascos [de 500 ml] de álcool por mês e por isso nosso estoque não era grande, tínhamos apenas 12 frascos, que foram vendidos no primeiro dia. Na terça-feira já não tínhamos mais o produto e apareceram três vendedores oferecendo, mas os preços estavam muito altos. Nós vendemos o frasco de 500 ml por R$ 5,80 e os fornecedores estavam cobrando R$ 12 como preço de custo. Achei aquilo abusivo demais", lembra.

Diante da situação, Paulo procurou outro fornecedor na cidade e encontrou um que vendia garrafas de álcool em gel a um preço justo. "Comprei 25 litros e resolvi doar já que tantas pessoas estavam procurando e os preços estavam abusivos. Vender tão caro vai contra a missão da nossa empresa, que é uma empresa familiar de bairro", acrescenta.

Na tarde de ontem, por volta das 17h, Paulo fez a postagem nas redes sociais. Com uma foto dos galões do produto e com uma plaquinha dizendo "Estamos doando álcool em gel, traga a sua vasilha" ele divulgou a ação. Até o fechamento do mercado, às 23h, cerca de 300 pessoas foram retirar o produto, que é limitado a 50 ml por pessoa.

O mercado fica no bairro Rio Acima e ainda tem 20 litros de álcool em gel para serem doados. Cerca de 200 pessoas passaram pelo local até o meio-dia de hoje.

"Já consegui mais álcool em gel para comprar e vamos continuar com a ação o tempo que for preciso, até que a situação melhore", diz Paulo.

Sem filas e aglomeração

Apesar do grande movimento de pessoas em busca do álcool em gel, Paulo garante que não há filas ou aglomerações e que todos estão atentos para que isso não aconteça.

"Como somos um mercado de bairro, o movimento é bem tranquilo e normalmente vem uma, duas pessoas ao mesmo tempo em busca do álcool em gel. Mas se em algum horário vier mais gente vamos fazer uma fila do lado de fora para não gerar aglomeração", explica.