PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

Companhia aérea portuguesa suspende contrato de 90% dos funcionários

Avião da TAP; companhia aérea colocou 9000 funcionários em regime de lay-off - Divulgação/TAP
Avião da TAP; companhia aérea colocou 9000 funcionários em regime de lay-off Imagem: Divulgação/TAP

Do UOL, em São Paulo

31/03/2020 17h14

A companhia aérea TAP Air Portugal colocou 9000 funcionários, cerca de 90% da empresa, em regime de lay-off (suspensão temporária de trabalho). A informação é da CNN.

De acordo com um porta-voz da empresa, os 9000 funcionários terão seus contratos suspensos por 30 dias a partir da próxima quinta-feira.

Os funcionários ainda continuarão a receber dois terços dos salários com ajuda do governo português. A medida pode ser prorrogada após os 30 dias.

Os 10% restantes dos funcionários, cerca de 1000 pessoas, seguirão trabalhando, mas com 20% de redução na carga horária e no salário.

A operação da TAP também sofrerá grande redução. Antes do surto de coronavírus, a companhia tinha mais de 3 mil voos por semana. Porém, a partir de amanhã, serão no máximo cinco voos por semana, dois para a Ilha da Madeira e três para os Açores.

A empresa também ajudará o governo português no repatriamento de cidadãos portugueses do exterior, além de auxiliará no transporte de cargas e esforços humanitários.

Economia