PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Caixa diz que vai pagar auxílio emergencial a 9,4 milhões nesta semana

Caixa anunciou que vai disponibilizar mais R$ 4,7 bilhões em recursos do auxílio emergencial nesta semana - Lucas Lacaz Ruiz/ESTADÃO CONTEÚDO
Caixa anunciou que vai disponibilizar mais R$ 4,7 bilhões em recursos do auxílio emergencial nesta semana Imagem: Lucas Lacaz Ruiz/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/04/2020 19h33

A Caixa anunciou que vai pagar nesta semana o auxílio emergencial a mais 9,4 milhões de pessoas que fazem parte do Cadastro Único do governo federal, e também do Bolsa Família. De acordo com o banco, o volume de recursos que será disponibilizado nestes próximos dias chega a quase R$ 4,7 bilhões.

Além disso, a Caixa também afirmou que abrirá mais de 6,6 milhões de poupanças digitais de forma gratuita para as pessoas que não possuem contas bancárias para receber o valor do auxílio emergencial, que fica entre R$ 600 e R$ 1,2 mil.

O banco disse que já creditou os valores para 2,5 milhões de pessoas, em uma injeção de R$ 1,5 bilhão na economia. O volume de cadastrados para receber o benefício, segundo a Caixa, já passou de 34 milhões de brasileiros até as 19h de hoje.

Entre os cadastrados que já recebem o Bolsa Família todos os meses, vai prevalecer o benefício de maior valor, já que não será possível acumular ambos. A Caixa informou que mais de 2,7 milhões de beneficiários serão atendidos nesta semana, sendo 1,36 milhão na quinta-feira (16) e mais 1,36 milhão na sexta (17). Vão receber na quinta aqueles cujo cadastro no NIS tem último dígito como número 1. Na sexta, os de número 2.

Já para quem possui o nome no Cadastro Único e não faz parte do Bolsa Família, o pagamento será feito por meio da poupança digital da Caixa ou em conta no Banco do Brasil, incluindo as mulheres que são responsáveis sozinhas pelo sustento da família e poderão receber o benefício de R$ 1,2 mil.

O calendário também é diferente para os membros do Cadastro Único. Amanhã, a Caixa vai creditar os valores para 831 mil pessoas, sendo 557,8 mil em poupanças digitais do próprio banco para pessoas nascidas no mês de janeiro, e mais quase 273,2 mil em contas no Banco do Brasil.

Na quarta-feira (15), será a vez de mais 1,6 milhão de pessoas nascidas nos meses de fevereiro, março e abril receberem pelas poupanças digitais. Outros 2,28 milhões que nasceram em maio, junho, julho e agosto serão pagos na quinta (16). Por fim, quase 2 milhões de pessoas nascidas em setembro, outubro, novembro e dezembro vão receber o auxílio na sexta (17).

A abertura das poupanças digitais está sendo feita de maneira automática pelo banco, que esclareceu em nota que não é necessário comparecer às agências ou casas lotéricas para ter acesso aos recursos.

Essa poupança é gratuita e permite transferências ilimitadas entre contas da Caixa, ou até três transações para bancos diferentes nos próximos 90 dias. A movimentação é feita por meio de aplicativo oficial chamado "Caixa Tem".

O saque em dinheiro vivo só será permitido a partir do dia 27 de abril, medida tomada pelo banco para evitar aglomerações nas agências e lotéricas. Também essa modalidade será escalonada. Quem nasceu nos meses de janeiro e fevereiro deverá sacar necessariamente no dia 27.

No dia 28, apenas quem nasceu em março e abril. Nascidos em maio e junho deverão sacar no dia 29. Julho e agosto sacam no dia 30. Depois do feriado prolongado do Dia do Trabalho, será a vez dos nascidos em setembro e outubro (4 de maio), novembro e dezembro (5 de maio).