PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Estudo de economistas da UFRJ prevê, no pior cenário, queda de 11% no PIB

PIB, gráfico, economia - Getty Images
PIB, gráfico, economia Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

05/05/2020 13h56

Um estudo de economistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estimou que, no pior cenário, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil pode recuar 11% neste ano em meio à pandemia do novo coronavírus.

Publicado hoje pelo jornal Valor Econômico, o estudo foi conduzido pelo Grupo de Indústria e Competitividade (GIC), do Instituto de Economia da UFRJ e avaliou os impactos da crise provocada pela covid-19.

Segundo o estudo, foram analisados alguns cenários: o mais pessimista deles fala em recuo de 11% do PIB, sendo que as projeções mais otimistas apontam para queda de 3,1% em 2020.

A mesma variação de cenários ocorre em relação a empregos. Segundo os economistas, a redução de postos de trabalho formais e informais no país vai variar de 4,7 milhões a 14,7 milhões.

A estimativa foi feita a partir de informações de 123 produtos e serviços, distribuídos por 67 atividades econômicas.