PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Pedidos de seguro-desemprego em abril aumentam 22% em comparação com 2019

Carteira de Trabalho digital - Ministério da Economia/Divulgação
Carteira de Trabalho digital Imagem: Ministério da Economia/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

11/05/2020 18h25

O Ministério da Economia divulgou hoje que os pedidos de seguro-desemprego no mês de abril chegaram a 748.484, totalizando 2.337.081 requerimentos em 2020. Os números representam uma alta de 22,1% em comparação com abril de 2019 e aumento de 1,3% considerando o período de janeiro a abril do ano passado.

Na comparação de março para abril de 2020, o aumento foi de 39,4%, já que no terceiro mês do ano foram contabilizados 536.844 pedidos.

O ministério estima que que até 250 mil pedidos ainda possam ser feitos nos meses seguintes, já que o atendimento não foi realizado presencialmente nas unidades do Sine (Sistema Nacional de Emprego) nos meses de março e abril, devido às medidas de isolamento social decorrentes da pandemia da covid-19.

De acordo com o material divulgado, 57,1% dos requerentes são homens. A faixa etária mais afetada está entre 30 a 39 anos, sendo 33,1% do total. Em relação à escolaridade, 62,4% têm ensino médio completo.

O setor econômico mais afetado foi o de serviços, com 41,6% das solicitações, seguido por comércio (27,7%), indústria (19,9%) e agropecuária (3,7%).

Os estados que registraram o maior número de pedidos foram São Paulo com 217.247, Minas Gerais com 85.990 e Rio de Janeiro com 58.945.