PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Itaú, Ambev e Magalu: estudo aponta marcas mais lembradas durante pandemia

EDUARDO MATYSIAK/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: EDUARDO MATYSIAK/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/05/2020 16h10

Itaú, Ambev e Magazine Luiza são as marcas mais lembradas pelo consumidor brasileiro neste momento da pandemia causada pelo coronavírus. Este é o resultado de um estudo produzido pelo Instituto Croma Insights, feito em parceria com a empresa de pesquisa online Toluna.

O estudo perguntou ao consumidor quais empresas têm um "posicionamento positivo" em relação ao novo contexto causado pela pandemia.

O levantamento enumera as marcas mais citadas em 9080 entrevistas, feitas com consumidores brasileiros em nove diferentes momentos, entre 19 de fevereiro e 29 de abril deste ano (veja o ranking das 50 marcas mais citadas abaixo).

Segundo a consultoria, o Itaú ficou em primeiro lugar devido ao seu "desempenho social e empreendedor", que vem "divulgando facilidades e alternativas para os pequenos e médios empresários". A Ambev ficou na segunda posição, principalmente, "por conta da fabricação e doação de álcool em gel para hospitais da rede pública".

O Magazine Luiza fechou o ranking dos três primeiros, segundo a Croma, "pelas iniciativas de emprego para autônomos com a expansão dos revendedores, além das doações de aparelhos respiratórios para hospitais públicos". Santander, Natura, O Boticário, Bradesco, Nestlé, Americanas e Casas Bahia completam a lista das 10 mais lembradas.

Quando separadas por segmentos, os destaques são Nestlé, Burger King e Cacau Show (alimentação); Havaianas, Nike e Adidas (moda); Vale, Gerdau e Suzano (indústrias) e Ypê, Unilever e Omo (produtos de limpeza), por exemplo.

Confira o ranking das 50 marcas mais lembradas pelo consumidor no ranking da Croma:

  1. Itaú
  2. Ambev
  3. Magalu
  4. Santander
  5. Natura
  6. O Boticário
  7. Bradesco
  8. Nestlé
  9. Americanas
  10. Casas Bahia
  11. iFood
  12. Ypê
  13. Brahma
  14. Banco do Brasil
  15. Globo
  16. Nubank
  17. Vale
  18. Uber
  19. Caixa
  20. Avon
  21. Burger King
  22. Carrefour
  23. Claro-Net
  24. Petrobras
  25. Amazon
  26. Gerdau
  27. L'Orea
  28. 99
  29. AME
  30. YouTube
  31. Cacau Show
  32. Renner
  33. Unilever
  34. Mc Donald'
  35. PicPay
  36. Riachuelo
  37. Coca-Cola
  38. Mercado Livre
  39. Oi
  40. Rappi
  41. Sadia
  42. Vivo
  43. Facebook
  44. Fiat
  45. Heineken
  46. Seara
  47. TIM
  48. Instagram
  49. Me Poupe
  50. XP

Mais mais "transformadoras"

A HSR Specialist Researchers também tem feito estudos semanais sobre a presença das marcas na cabeça do consumidor durante a crise. A empresa de pesquisa desenvolveu um índice que analisa o atual momento das empresas no país.

A análise leva em conta três índices: um sobre ações (e soluções) voltadas para a sociedade, colaboradores e consumidores; outro que aborda a "lembrança de marca", e outro sobre o "poder da voz" da empresa, a partir da presença da marca nas redes sociais.

Na medição da 7ª semana de estudo, realizado até 10 de maio, as três primeiras do ranking eram Magazine Luiza, Netflix e iFood. O estudo já conta com 13 mil entrevistas, realizadas desde 24 de março.

Mídia e Marketing