PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Onyx diz que tentará almoço com Guedes para definir 'nova fase' do auxílio

23.mar.2020 - O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni - Isac Nóbrega/PR
23.mar.2020 - O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni Imagem: Isac Nóbrega/PR

Do UOL, em São Paulo

25/05/2020 18h33

O ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni disse hoje que tentará se reunir amanhã com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para definir "nova fase" após o pagamento das três primeiras parcelas do auxílio-emergencial.

Questionado sobre a possibilidade de estender as parcelas do benefício para além de três meses, Onyx disse, em entrevista ao Brasil Urgente de hoje, que "nada está definido".

"Eu falei com ele [Guedes] hoje, estou tentando ver se amanhã encontro com ele para discutir esse assunto na hora do almoço, que é quando ele tem folga em sua pesada agenda e eu também", disse. "O que está definido são as primeiras parcelas, essas estão garantidas, agora precisamos ver qual é o melhor caminho para dar algum grau de sustentação nessa nova fase após as três primeiras parcelas".

O ministro disse, ainda, que o governo federal se planejou para pagar o benefício por três meses "com base em pandemias do século 20, que em média duraram de 12 a 14 semanas". "Calculamos que em junho alguns lugares teriam condições de voltar ao normal", alegou.