PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Pessoas consideradas endividadas de risco eram 4,6 milhões em 2019, diz BC

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto - ADRIANO MACHADO
O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto Imagem: ADRIANO MACHADO

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

04/06/2020 09h39Atualizada em 04/06/2020 10h18

Dos 85 milhões de brasileiros que tinham empréstimos até dezembro de 2019, 4,6 milhões foram classificados pelo BC (Banco Central) como endividados de risco. Eles correspondem a 5,4% do total de pessoas com operações de crédito. Os números foram divulgados hoje.

Um endividado de risco, segundo o BC, possui parcelas em atraso por mais de 90 dias, tem mais de 50% da renda mensal comprometida para pagar as dívidas e possui empréstimos de crédito pessoal sem consignação, cheque especial e crédito rotativo.

Além disso, a renda mensal disponível, após o pagamento do serviço das dívidas, ficava abaixo da linha de pobreza. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a linha da pobreza em dezembro de 2019 era de R$ 439,03.

Maioria é mulher e vive no interior

O número de brasileiros nessa situação era de 4,8 milhões em dezembro de 2016, diminuiu para 3,9 milhões em dezembro de 2017 e aumentou para 4,1 milhões em dezembro de 2018.

Entre os endividados de risco, 2,4 milhões são mulheres, 3,3 milhões moram no interior do Brasil e 2,1 milhões vivem no Sudeste. Além disso, 3,7 milhões possuem renda mensal de até R$ 5 mil.

Dos brasileiros com idade acima de 65 anos que possuem operações de crédito, 7,8% são endividados de risco. Em relação à renda mensal, as pessoas com renda entre R$ 5 mil e R$ 10 mil são as que apresentam a maior parcela de endividados de risco (6,5%).

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar —no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Mídia e Marketing, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.