PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Maia se diz a favor de auxílio de R$ 600 por mais dois ou três meses

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

20/06/2020 18h56

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje que é a favor da prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600 por mais dois ou três meses.

"A todos que me perguntam sobre o auxílio emergencial: sou a favor da prorrogação do auxílio de R$ 600 por mais 2 ou 3 meses. Todos os indicadores apontam uma forte queda da economia no terceiro trimestre", postou no Twitter.

Maia afirmou que sua posição é a mesma da maioria dos parlamentares e disse que o governo federal não pode mais esperar para tomar uma decisão.

"Tenho certeza que a minha posição é acompanhada pela maioria dos deputados. Manter esta ajuda é premente. O governo não pode esperar mais para prorrogar o auxílio. A ajuda é urgente e é agora", disse.

Nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) citou o endividamento do governo como fator de dificuldade para manter o auxílio emergencial por mais duas parcelas de R$ 600, além das três já definidas por lei.