PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Juiz suspende atividades de frigorífico que tem 193 funcionários com covid

O frigorífico Avenorte tem mais casos de covid-19 do que o município onde está localizado - Avenorte/Divulgação
O frigorífico Avenorte tem mais casos de covid-19 do que o município onde está localizado Imagem: Avenorte/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

22/06/2020 17h52

A Justiça do Trabalho do Paraná determinou hoje a suspensão de todas as atividades presenciais do frigorífico Avenorte Avícola, em Cianorte, por 14 dias.

O juiz Rodrigo da Costa Clazer acatou uma ação movida pelo MPT (Ministério Público do Trabalho), que identificou um surto do novo coronavírus no local. Na decisão, o magistrado ressalta que o frigorífico tem 193 funcionários comprovadamente contaminados — "mais do que o montante do próprio município".

"Não determinar a suspensão de todas as atividades é colocar em jogo, com risco real, o direito à saúde e vida de todos os empregados e terceirizados, que soma mais de 3.000 pessoas", diz o texto. Outros 22 trabalhadores aguardam o resultado dos exames.

Caso o frigorífico continue funcionando, foi fixada uma multa diária de R$ 500 por trabalhador que comparecer ao trabalho. O UOL entrou em contato com a Avenorte, mas a empresa não quis se pronunciar sobre a decisão.

Nas redes sociais, o Grupo Avenorte afirmou que "vem cumprindo rigorosamente todas as determinações dos órgãos competentes relacionados ao combate ao covid-19" e "está manejando os meios judiciais cabíveis a fim de se evitar a paralisação de suas atividades":

O juiz também determinou que todos os funcionários do frigorífico devem realizar testes para coronavírus seguindo as normas técnicas. Além disso, os contaminados devem ser afastados imediatamente, assim como aqueles que tiveram contato ou trabalharam a um raio de 1,5 metro deles.