PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Após flexibilização, lojas de shopping devem contratar 32 mil pessoas em SP

Shoppings estão voltando ao ritmo normal lentamente - Felipe Pereira/UOL
Shoppings estão voltando ao ritmo normal lentamente Imagem: Felipe Pereira/UOL

Colaboração para o UOL

14/10/2020 21h06

A flexibilização da quarentena em São Paulo, que vai permitir uma ampliação na abertura dos shoppings, fará com que 32 mil pessoas sejam contratadas na capital e região metropolitana. A estimativa foi feita pela Alshop, que fez uma sondagem com lojistas associados.

A principal mudança recente é que agora os shoppings ficarão abertos por 12 horas, das 10h às 22h. Além disso, haverá retomada do horário normal aos domingos e feriados, entre 12h e 20h.

Apesar das contratações de 32 mil pessoas serem significativas, elas correspondem a apenas 25% do contingente dispensado por conta da pandemia de covid-19. E no período natalino os empresários não devem contratar novos temporários, como tradicionalmente ocorre no comércio

"O ritmo de contratações na verdade só ajuda a repor parte das vagas perdidas, uma vez que o movimento segue baixo, mas se recuperando pouco a pouco", comenta, Nabil Sahyoun, presidente da ALSHOP.

Em todo o país

No Brasil todo, boa parte dos 577 shoppings já retomaram a atividade do comércio em horário normal há mais tempo. Quando isso ocorrer, cerca de 200 mil pessoas devem ser reintegradas nas próximas semanas.

"Estamos atendendo ao princípio do varejo que é responder o anseio do consumidor: ele está saindo mais de casa e essa ampliação melhora a condição de compra com mais segurança sem risco de aglomerações, enquanto as vendas vão se recuperando gradativamente e se preparando para datas importantes do comércio como a Black Friday e o Natal.", diz Sahyoun.