PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Vendas de novos imóveis batem recorde histórico com alta de 58,9% em agosto

Associação afirmou que junho, julho e agosto registraram, juntos, alta de 45,7% nas vendas em relação ao mesmo período em 2019 - Gabriel Ramos/Getty Images/iStockphoto
Associação afirmou que junho, julho e agosto registraram, juntos, alta de 45,7% nas vendas em relação ao mesmo período em 2019 Imagem: Gabriel Ramos/Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

28/10/2020 20h27

A comercialização de novos imóveis apresentou, em agosto deste ano, alta de 58,9% em relação ao mesmo período de 2019 e bateu uma marca que não era alcançada desde maio de 2014 (14.116 unidades). Em agosto foram registradas 13.156 unidades vendidas, desempenho superior ao de julho (13.156 unidades). Os dados são da Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias).

Segundo a associação, no trimestre móvel encerrado em agosto (que inclui também os meses de junho e julho) foram vendidas 38.886 unidades — alta de 45,7% em relação ao mesmo período no ano passado.

No acumulado dos últimos 12 meses foram 130.256 unidades comercializadas, superando em 15,1% as vendas dos 12 meses anteriores.

As vendas líquidas, calculadas com base no volume de vendas e distratos, cresceram 63,8% em agosto, 43,8% no último trimestre móvel e 17,7% nos últimos 12 meses

Impactos da pandemia

De acordo com a Abrainc, empreendimentos de médio e alto padrão foram os mais afetados pela pandemia de covid-19, com recuo de 28,3% nas vendas em agosto de 2020 em relação ao mesmo mês em 2019.

Ainda, a associação observou queda de 49,4% no último trimestre móvel e de 32,1% nos últimos 12 meses.

No entanto, imóveis ligados ao programa Minha Casa Minha Vida apresentaram números positivos tanto em lançamentos quanto em vendas. Foram 29,5% novos imóveis lançados a mais em agosto, 8,7% nos últimos três meses e 9,4% no acumulado em 12 meses.

Em relação às vendas, ocorreu uma alta de 87,9% em agosto, 61,8% nos últimos três meses e 26,5% nos últimos 12 meses.

O empreendimentos do Minha Casa Minha Vida, segundo a Abrainc, representaram 83,8% dos lançamentos residenciais e 75,9% das vendas de imóveis residenciais novos nos últimos 12 meses.