PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Planos de saúde para pets custam a partir de R$ 44; veja cuidados

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/03/2021 04h00

Você já pensou em ter um plano de saúde para seu animal de estimação? Para contratar este tipo de serviço, o tutor deve desembolsar entre R$ 43,89 e R$ 397 por mês, de acordo com duas empresas consultadas pelo UOL. Os planos incluem desde consultas, exames e vacinas até assistência funeral, além de sistema de reembolso de gastos fora da cobertura da apólice.

Especialistas dizem, no entanto, que é preciso ter alguns cuidados antes de escolher um plano, como checar se a empresa está registrada no Conselho de Medicina Veterinária da sua região e verificar quais serviços estão inclusos no contrato.

Existem hoje no país cerca de 141,6 milhões de animais de estimação, sendo 55,1 milhões de cães e 24,7 milhões de gatos, de acordo com o Instituto Pet Brasil.

Plano custa de R$ 43,89 a R$ 397 por mês

Criada em 2013, o plano de saúde para pets Plamev Pet tem nove opções, seis para pets maiores de um ano e três para pets de um a 12 meses, todos com o sistema de reembolso.

Os valores dos planos variam de R$ 43,89 a R$ 397 por mês. Nos três primeiros meses, o cliente tem desconto de até 50% e ganha o Vet-Combo, que é um check-up com direito a uma consulta grátis, hemograma e vacina V10 (para cachorros) ou tríplice felina (para gatos).

Confira o plano mais barato e o mais caro da Plamev Pet:

  • Slim: cobertura com o clínico geral, consulta emergencial, vacina antirrábica e exames de sangue. Não há carência. Valor mensal: R$ 43,89;
  • Diamond: cobre mais de 200 procedimentos, desde consulta emergencial até cirurgias diversas (de rotina, catarata, mastectomia etc.). Também estão cobertos exames, vacinas, inseminação artificial, fisioterapia, acupuntura, castração e outros. Não há carência em 25 procedimentos. Esse plano dá direito ao Pet Help, uma assessoria 24 horas com especialistas veterinários via chamada telefônica e com consulta domiciliar com veterinário clínico geral. Valor mensal: R$ 397.

Reembolso pode chegar a R$ 1.150

Na Plamev Pet, os reembolsos variam de R$ 40 a R$ 1.150, dependendo do plano escolhido e dos procedimentos realizados. Os planos são nacionais, com rede credenciada em Minas Gerais, Sergipe, Alagoas e Bahia. Em março, está prevista ampliação para Ceará e Pernambuco. Os reembolsos valem para todo o país.

Antes da pandemia, a estratégia da empresa era apenas credenciar clínicas de atendimento em cada cidade onde a marca iniciava a operação.

Quando chegou o isolamento social, descobrimos que as pessoas não queriam andar cinco quilômetros com o seu cachorro dentro do carro até uma clínica conveniada. Por isso, decidimos deixar os clientes livres para escolher a clínica e o profissional da sua confiança. Implantamos a modalidade do reembolso.
Pedro Svacina, CEO da Plamev Pet

Caso a clínica que o tutor queira levar seu pet não esteja relacionada na cobertura credenciada, basta pegar a Nota Fiscal do serviço realizado, tirar uma foto e enviar via aplicativo da Plamev (o App Plamev). O reembolso sai entre sete e 30 dias, segundo a empresa.

Em 2020, o faturamento da empresa foi de R$ 5 milhões, 250% maior que em 2019, e tem meta de triplicar os números este ano. O lucro não foi revelado.

Pet pode ser incluído em plano como dependente

O animal de estimação é considerado membro da família? Pensando nisso, a seguradora Ciclic, que já atendia famílias e tem outras modalidades de seguros, lançou em janeiro deste ano o Saúde Pet, válido para cães e gatos. O Saúde Pet está disponível apenas para clientes do plano Plus do Saúde Protegida Ciclic, uma plataforma digital de seguros e serviços, cujo principal acionista é a BB Seguros do Banco do Brasil.

Os pets podem ser incluídos como dependentes do plano Plus do Saúde Protegida, da mesma forma que é possível adicionar cônjuges ou filhos. O plano Plus individual custa R$ 49,90 mensais, e o valor adicional por dependente (pet ou humano) a partir do terceiro dependente é de R$ 10.

São 12 serviços inclusos, sendo os principais:

  • Consulta veterinária de urgência;
  • Consultas veterinárias;
  • Transporte veterinário de urgência: a remoção do pet até o veterinário mais próximo, caso o dono não possa fazê-lo;
  • Pet Help: suporte de orientação por telefone com veterinários;
  • Aplicação de vacinas em domicílio. Apenas o custo da aplicação está coberto, mas a vacina é paga pelo cliente;
  • Assistência funeral com cobertura dos custos do funeral, enterro ou cremação.

Entendemos que muitos clientes, de fato, consideram os seus pets como membros de suas famílias. Os clientes reclamavam que, apesar de muita gente concordar com isso, nenhuma empresa considerava, na prática, que seus pets eram como filhos para eles. Ficavam somente no discurso. Nós fizemos disso uma realidade. Ouvir os clientes é a chave para qualquer negócio.
Raphael Swierczynski, CEO da Ciclic

O que considerar na escolha do plano de saúde animal

Zohair Saliem Sayegh, presidente da Anclivepa Brasil (Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais), diz que os custos relativos aos cuidados básicos, como vacinas, cirurgias de castração e check-ups periódicos ao longo da vida de um pet, representam um valor pequeno durante a vida do animal.

No entanto, diz ele, animais de estimação podem precisar de procedimentos com custo bem mais elevados, como tratamentos com especialistas (ortopedia, cardiologia, nefrologia e oncologia etc.), internações e exames laboratoriais complexos.

"Assim como na saúde humana, é complicado ser pego de surpresa com despesas médicas. Por isso ter um plano de saúde parece ser uma boa ideia, desde que se encaixe também em nossas expectativas de qualidade de atendimento", afirmou Sayegh.

Veja o que precisa ser avaliado, antes de contratar um plano:

  • Verifique as coberturas que oferece, entre eles serviços como internações e cirurgias especializadas;
  • Cheque a idoneidade do plano de saúde, procurando informações em órgãos como Procon e Reclame Aqui;
  • Converse com pessoas que utilizam planos de saúde a fim de constatar experiências reais de atendimento;
  • Veja se estabelecimentos credenciados têm estrutura suficiente para atender o seu pet;
  • Confirme se aquele médico veterinário, o especialista ou o hospital de nossa confiança estão credenciados ao plano de saúde a ser contratado;
  • Confira se há sistema de reembolso.

Sayegh diz ainda que outras perguntas precisam ser feitas. Em caso de viagem com o pet, há coberturas fora da sua cidade? Existe carência para os serviços oferecidos pelo plano? O veterinário do plano tem autonomia para solicitar qualquer exame necessário ou depende de autorização? O valor do plano depende da idade do pet ou da existência de doenças preexistentes?

O Conselho Federal de Medicina Veterinária faz um alerta aos tutores na hora de escolher um plano de saúde animal: buscar empresas registradas no Conselho de Medicina Veterinária da sua região ou no site do Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Onde encontrar:

UOL Economia+ fará evento para quem quer investir

Entre 23 e 25 de março, o UOL Economia+ e a casa de análises Levante Ideias de Investimento realizarão evento online gratuito.

O economista Felipe Bevilacqua, analista certificado e gestor especialista da Levante, comandará três grandes aulas para explicar ao leitor do UOL como assumir as rédeas do próprio dinheiro. O evento é gratuito para todos os leitores UOL.

Garanta o seu lugar no evento aqui:

Ao clicar em “Enviar”, você concorda com a Política de Privacidade do Grupo UOL e aceita receber e-mails de produtos e serviços do Grupo UOL e demais empresas integrantes de seu grupo econômico. O Grupo UOL utiliza as informações fornecidas para entrar em contato ofertando produtos e serviços. Você pode deixar de receber essas comunicações quando quiser.