PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Você pode sacar até R$ 375 do novo auxílio sem esperar 1 mês; veja como

Transferir o saldo do auxílio emergencial 2021 para outra conta digital é alternativa para driblar restrições do Caixa Tem - Arthur Souza/Photopress/Estadão Conteúdo
Transferir o saldo do auxílio emergencial 2021 para outra conta digital é alternativa para driblar restrições do Caixa Tem Imagem: Arthur Souza/Photopress/Estadão Conteúdo

Filipe Andretta

Do UOL, em São Paulo

14/04/2021 04h00

Quem já recebeu o depósito de uma parcela do auxílio emergencial no aplicativo Caixa Tem, mas ainda não está autorizado a sacar ou transferir o dinheiro, tem uma opção fugir desta restrição. Fintechs (empresas de tecnologia financeira) como PagBank, Nubank, Mercado Pago e PicPay oferecem a possibilidade de transferir os valores para uma conta sem limitação de saques ou transferências.

As quatro parcelas do auxílio emergencial 2021 (que podem ser de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375 cada uma) estão sendo liberadas pelo governo federal em duas etapas. Na primeira, o dinheiro é depositado em poupança digital no aplicativo Caixa Tem e fica disponível somente para pagamento de contas e para compras com cartão virtual. Saques e transferências são permitidos apenas na segunda etapa, o que demora cerca de um mês após o depósito.

A justificativa do governo e da Caixa é que a restrição evita aglomerações em agências e lotéricas. As transferências também foram proibidas na primeira etapa para que os beneficiários não enviassem o dinheiro a outra conta na Caixa e fizessem o saque fora do cronograma.

A restrição não se aplica a quem é do Bolsa Família e tem direito ao auxílio emergencial. Essas pessoas recebem no Caixa Tem o benefício que for mais vantajoso (Bolsa Família ou auxílio emergencial) e podem sacar ou transferir o dinheiro na mesma data. O cronograma também é diferente: segue conforme o dígito final do NIS (Número de Identificação Social).

Como funciona a transferência para fintechs?

A alternativa que as fintechs oferecem é a de usar um boleto para transferir o dinheiro como se fosse uma compra online. A pessoa entra na fintech, gera um boleto e faz o "pagamento" desse boleto no app Caixa Tem. O Caixa Tem entende que é uma compra, mas, na prática, é uma transferência para a conta na fintech.

Também é possível usar cartão de débito em vez de boleto. O cliente entra na fintech e escolhe opção de depositar dinheiro com cartão. Aí é só usar o cartão de débito virtual do Caixa Tem e fazer a transferência.

Esse tipo de operação é legal. O Banco Central, que regula a atividade de instituições financeiras, autoriza fintechs a usarem boletos para depósito em contas digitais.

Veja a seguir o passo a passo para antecipar a transferência de valores do Caixa Tem para a conta pessoal em algumas fintechs.

PagBank

Baixe o aplicativo (para Android ou iOS) e abra uma conta. Depois, o procedimento pode ser feito via boleto ou cartão digital.

Via boleto (dinheiro é transferido em até três dias úteis, sem taxas):

  1. Acesse o aplicativo PagBank
  2. Na tela inicial selecione "Adicionar dinheiro"
  3. Escolha o meio de pagamento "Boleto bancário"
  4. Informe o valor que pretende transferir e selecione "concluir"
  5. Pague o boleto no app Caixa Tem

Via cartão virtual da Caixa (transferência é gratuita e o saldo liberado na hora)

  1. No App Caixa Tem, abra seu cartão de débito virtual e copie as informações (número do cartão, validade e código de segurança)
  2. Acesse o aplicativo PagBank e na tela inicial selecione "Adicionar dinheiro"
  3. Escolha "Cartão de débito virtual Caixa" e em seguida "Adicionar novo cartão"
  4. Informe os dados do cartão
  5. Insira o valor desejado e selecione "Continuar"

Mercado Pago

Faça o download do aplicativo (para Android ou iOS) e abra uma conta. Depois, o procedimento pode ser feito via boleto ou cartão digital.

Via boleto (dinheiro é transferido em até dois dias úteis, sem taxas):

  1. Acesse o aplicativo Mercado Pago
  2. Na tela inicial selecione "Seu dinheiro" e depois "Adicionar dinheiro"
  3. Escolha o meio de pagamento "Boleto bancário"
  4. Informe o valor que pretende transferir e selecione "Gerar boleto"
  5. Pague o boleto no app Caixa Tem

Via cartão virtual da Caixa (é cobrada uma taxa de 1,99% sobre o valor transferido, o saldo liberado na hora)

  1. No App Caixa Tem, abra seu cartão de débito virtual e copie as informações (número do cartão, validade e código de segurança)
  2. Acesse o aplicativo Mercado Pago e selecione "Adicionar dinheiro" na tela inicial
  3. Escolha "Cartão Virtual Caixa" e em seguida escolha o valor
  4. Informe os dados do cartão e confirme o depósito

Nubank

Baixe o aplicativo (para Android ou iOS) e abra uma conta. Depois, siga estes passos para depositar por boleto bancário (demora até três dias úteis, sem taxas)

  1. Acesso o app Nubank e, nos atalhos que ficam na parte de baixo, clique em "Depositar" e "Depositar por boleto"
  2. Informe o valor que pretende transferir e aperte "concluir"
  3. Pague o boleto no app Caixa Tem

PicPay

Primeiro, é necessário baixar o aplicativo (para Android ou iOS) e abrir uma conta. Depois, siga estes passos:

Via boleto (dinheiro é transferido em até dois dias úteis, sem taxas):

  1. Acesse o aplicativo PicPay
  2. Na tela inicial selecione "Carteira", depois "Adicionar", "Auxílio emergencial" e "Boleto bancário"
  3. Informe o valor que pretende transferir e selecione "Gerar boleto"
  4. Pague o boleto no app Caixa Tem

Via cartão virtual da Caixa (é cobrada taxa de 1,99% sobre o valor transferido, o saldo liberado na hora)

  1. No App Caixa Tem, abra seu cartão de débito virtual e copie as informações (número do cartão, validade e código de segurança)
  2. Acesse o aplicativo PicPay e na tela inicial selecione "Carteira", depois "Adicionar", "Auxílio emergencial" e "Cartão de débito Caixa"
  3. Informe o valor que deseja
  4. Informe os dados do cartão e confirme o depósito

Veja a seguir o calendário completo das quatro parcelas do auxílio emergencial 2021.

PUBLICIDADE