PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Suspensão de mineradoras em MG é temporária, diz associação de empresas

Transbordamento de dique de barragem em Nova Lima causou interdição de rodovia - Redes sociais
Transbordamento de dique de barragem em Nova Lima causou interdição de rodovia Imagem: Redes sociais

Do UOL, em São Paulo

10/01/2022 17h04

O Ibram (Instituto Brasileiro de Mineração) informou que as paralisações das operações de algumas mineradoras, como Vale, Usiminas, Vallourec e CSN são temporárias. As empresas pararam como prevenção e para minimizar os riscos das fortes chuvas que atingem Minas Gerais. A entidade reúne diversas companhias do setor.

A suspensão, no entanto, poderá ser revertida em breve. A decisão será tomada conforme a previsão e ocorrência de chuvas nos próximos dias.

O Ibram afirmou que todas as estruturas das mineradoras, incluindo as barragens de rejeitos, estão sendo monitoradas 24 horas por dia. Além disso, garantiu que "a qualquer sinal de anormalidade" as autoridades serão imediatamente comunicadas para o início das medidas de emergência, como acionamento de alertas.

Desta forma, o Instituto avalia que, caso o cenário se mantenha por pouco tempo, "não haverá reflexos na variação do preço dos minérios e na oferta".

"O Ibram informa que as mineradoras associadas têm sempre agido com cautela quando ocorrem fenômenos naturais, como o excesso de chuvas que é observado no Estado de Minas Gerais", diz a nota do Instituto.

Chuvas intensas fazem empresas pararem

Chuvas intensas que atingem Minas Gerais paralisaram operações da Vale, Usiminas, CSN e interditaram a mina de minério de ferro Pau Branco, da francesa Vallourec, deixando em alerta companhias e comunidades no importante estado para o setor de mineração no país.

A interdição da mina Pau Branco, em Nova Lima (MG), após o transbordamento de um dique, levantou ainda preocupações sobre um endurecimento de regras para o setor de mineração, que foi atingido por dois grandes desastres mortais devido a quedas de barragens de rejeitos de minério de ferro, nos últimos anos.

Vale, CSN e Usiminas reportaram paralisações hoje, o que impactou negativamente as ações das companhias.

PUBLICIDADE