PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Cerca de 1,5 milhão já solicitaram o Crédito Caixa Tem; veja regras

Presidente da Caixa, Pedro Guimarães - Isac Nóbrega/Presidência da República
Presidente da Caixa, Pedro Guimarães Imagem: Isac Nóbrega/Presidência da República

Do UOL, em São Paulo

28/03/2022 15h33Atualizada em 28/03/2022 18h34

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que, até as 14h de hoje, mais de 1,5 milhão de pessoas já solicitaram o Crédito Caixa Tem, empréstimo de até R$ 1.000, para pessoas físicas, e de até R$ 3.000, para MEIs (microempreendedor individual) concedido pelo banco, no primeiro dia de implementação do programa.

A nova linha de crédito é destinada a pessoas físicas —inclusive quem está com o nome sujo— ou MEIs que tenham tido faturamento de até R$ 81 mil no ano anterior.

Quem for pessoa física pode fazer a solicitação do empréstimo através do aplicativo Caixa Tem. Já quem for MEI deverá procurar uma agência bancária autorizada a conceder o crédito.

"Em até dois meses, devemos ter no aplicativo do Caixa Tem também a possibilidade de realizar esta operação. Hoje, pelo aplicativo só conseguimos fazer para as pessoas físicas. Para os MEIs, há necessidade de ir às agências", disse Guimarães.

É preciso atualizar cadastro

No Caixa Tem, o usuário precisa fazer a atualização cadastral de seus dados para ter acesso ao programa. Até as 14h, 1 milhão de pessoas haviam acessado o aplicativo para atualizar suas informações, de acordo com a Caixa.

Após o pedido ser feito, haverá um prazo de até dez dias para a avaliação do pedido de empréstimo.

Crédito Caixa Tem para pessoas físicas

  • Empréstimo de R$ 300 a R$ 1.000
  • Prazo de até 24 meses para pagar
  • Taxa de juros a partir de 1,95% ao mês
  • Feito através do aplicativo Caixa Tem

Crédito Caixa Tem para MEI

  • Empréstimo de R$ 1.500 a R$ 3.000
  • Prazo de até 24 meses para pagar
  • Taxa de juros a partir de 1,99% ao mês
  • Feito em agência bancária

Empréstimo para beneficiário do Auxílio Brasil

Além do Crédito Caixa Tem, o governo também vai disponibilizar empréstimo consignado aos beneficiários do Auxílio Brasil. Quem for solicitar o crédito pode comprometer até 40% do limite mensal do benefício.

O Ministério da Cidadania ainda fará a regulamentação do crédito, para estabelecer prazos, taxas de juros e habilitação dos bancos que vão operar o programa.

"Nenhum banco, nem a Caixa, pode operar esse crédito consignado do Auxílio Brasil neste momento", disse Guimarães.