PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Inflação: itens da cesta básica sobem até 18% em abril e 103% em 1 ano

Anaís Motta

Do UOL, em São Paulo

11/05/2022 11h30Atualizada em 12/05/2022 08h01

A inflação de 1,06% registrada em abril — a maior para o mês desde 1996 — foi puxada principalmente pelo grupo "alimentação e bebidas", que subiu 2,06% em relação a março. Considerando apenas os produtos da cesta básica, a disparada foi ainda maior, com altas que chegam a mais de 18%. Apenas um subgrupo — "frutas" — teve queda (-2,72%) no mês. (Veja todas as variações abaixo)

A batata-inglesa foi o item da cesta básica que mais subiu entre março e abril, saltando 18,28% no período, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O tomate, antigo "vilão" da inflação, também teve forte alta: 10,18%. Ambos pertencem ao subgrupo "tubérculos, raízes e legumes", que disparou 8,09% no mês passado.

Já o preço do leite longa vida subiu 10,31% entre março e abril — a segunda maior alta entre os produtos que compõem a cesta básica. O leite em pó também ficou mais caro, mas com variação bem menor, de 1,60%. O subgrupo "leite e derivados" como um todo saltou 5,52%.

A banana, por sua vez, ficou mais barata no mês passado, ainda de acordo com o IBGE. As quedas variam de 2,37%, no caso da banana d'água, a 8,46% para a banana-maçã. Apenas a banana-da-terra registrou alta (3,96%). O subgrupo "frutas", de forma geral, teve queda de 2,72% em abril.

Veja as variações dos preços dos produtos da cesta básica no mês passado, segundo o IBGE:

  • Batata-inglesa: 18,28% - subgrupo "tubérculos, raízes e legumes": 8,09%
  • Leite longa vida: 10,31% - subgrupo "leite e derivados": 5,52%
  • Tomate: 10,18% - subgrupo "tubérculos, raízes e legumes": 8,09%
  • Óleo de soja: 8,24% - subgrupo "óleos e gorduras": 6,17%
Batata - Getty Images - Getty Images
Preço da batata-inglesa subiu mais de 18% entre março e abril, segundo o IBGE
Imagem: Getty Images
  • Farinha de trigo: 7,34% - subgrupo "farinha, féculas e massas": 3,45%
  • Feijão carioca: 7,10% - subgrupo "cereais, leguminosas e oleaginosas": 2,90%
  • Pão francês: 4,52% - subgrupo "panificados": 3,31%
  • Café moído: 2,50% - subgrupo "bebidas e infusões": 2,01%
Pão francês - iStock - iStock
Também presente na cesta básica, o pão francês subiu 4,52% no mês passado
Imagem: iStock
  • Manteiga: 2,37% - subgrupo "leite e derivados": 5,52%
  • Arroz: 2,22% - subgrupo "cereais, leguminosas e oleaginosas": 2,90%
  • Carnes: 1,02% - destaque para cupim (2,46%), patinho (1,85%) e acém (1,51%)
  • Açúcar refinado: 0,10% - subgrupo "açúcares e derivados": 1,47%

Única queda:

  • Banana: de -8,46% (banana-maçã) a 3,96% (banana-da-terra) - subgrupo "frutas": -2,72%
Banana - Getty Images - Getty Images
A banana foi o único item da cesta básica que registrou queda em abril, de acordo com o IBGE
Imagem: Getty Images

Alta de até 103% em 1 ano

Nos últimos 12 meses, o único item da cesta básica a registrar queda nos preços é o arroz, que acumula queda de 11,53% entre os meses de abril de 2021 e 2022. Para o restante, as altas variam de 8,06%, no caso das carnes, até 103,26% para o tomate. O segundo produto que mais encareceu foi o café, que subiu mais de 67% no período.

Confira todas as porcentagens verificadas pelo IBGE no último ano:

  • Tomate: 103,26% - subgrupo "tubérculos, raízes e legumes": 69,90%
  • Café moído: 67,53% - subgrupo "bebidas e infusões": 20,23%
  • Batata-inglesa: 63,40% - subgrupo "tubérculos, raízes e legumes": 69,90%
  • Açúcar refinado: 36,99% - subgrupo "açúcares e derivados": 18,54%
  • Óleo de soja: 31,53% - subgrupo "óleos e gorduras": 26,40%
  • Leite longa vida: 23,37% - subgrupo "leite e derivados": 18,07%
  • Farinha de trigo: 23,23% - subgrupo "farinha, féculas e massas": 16,28%
  • Banana: até 17,36% (banana-prata) - subgrupo "frutas": 17,49%
  • Pão francês: 13,09% - subgrupo "panificados": 13,83%
  • Manteiga: 10,05% - subgrupo "leite e derivados": 18,07%
  • Feijão carioca: 9,40% - subgrupo "cereais, leguminosas e oleaginosas": -7,19%
  • Carnes: 8,06% - destaque para fígado (19,35%), contrafilé (15,66%) e alcatra (13,17%)
  • Arroz: -11,53% - subgrupo "cereais, leguminosas e oleaginosas": -7,19%
Arroz - Getty Images/EyeEm - Getty Images/EyeEm
O arroz foi o único item da cesta básica a ficar mais barato no último ano; queda foi de 11%
Imagem: Getty Images/EyeEm