IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Doações de família dona da Ypê a Bolsonaro geram boicote e apoio nas redes

Publicações nas redes sociais criticam e apoiam a marca Ypê após serem identificadas doações de família dona da empresa a Bolsonaro - Reprodução/Twitter
Publicações nas redes sociais criticam e apoiam a marca Ypê após serem identificadas doações de família dona da empresa a Bolsonaro Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

17/10/2022 10h53Atualizada em 17/10/2022 13h29

Doações de campanha feitas pela família controladora da marca Ypê ao presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, geraram críticas e manifestações de apoio à marca nas redes sociais.

Segundo dados publicados no portal de transparência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), três membros da família Beira que integram o conselho de sócios da Ypê doaram quantias a Bolsonaro que somam R$ 1 milhão. As quantias foram detalhadas primeiramente em reportagem da Folha de S.Paulo.

Jorge Eduardo Beira, vice-presidente de operações da empresa, doou a maior quantia —- R$ 500 mil. Ele aparece como a 15ª pessoa física que mais transferiu dinheiro a Bolsonaro.

Já Waldir Beira Júnior, presidente do conselho, e Ana Maria Beira, integrante dos conselhos de sócios e administração, doaram R$ 250 mil cada um, totalizando R$ 1 milhão de toda a família até o momento.

Críticas resgatam comercial clássico e pedem boicote. No Twitter, um dos vídeos mais compartilhados com teor crítico à associação entre sócios da Ypê e Bolsonaro faz uma paródia de um comercial de outra marca de produtos de limpeza. No vídeo, o ator recomenda o uso de uma marca concorrente da Ypê — a Limpol.

Usuários também passaram a afirmar que não comprarão mais produtos da marca devido às doações realizadas pelos Beira.

Apoiadores de Bolsonaro sobem hashtag e "agradecem" por divulgação. Por outro lado, quem declara voto no presidente Jair Bolsonaro viu a notícia com bons olhos. Para contrapor críticas, uma hashtag com os dizeres #YpêPatriota foi utilizada por alguns internautas, bem como montagens irônicas a respeito do detergente e de uma "limpeza" do país.

Outra postagem chega a agradecer a publicação do jornalista Ricardo Noblat sobre o tema. "De agora em diante, só usarei Ypê", escreveu.

Em nota ao UOL, a assessoria de imprensa da Ypê afirmou que a empresa não se manifesta sobre iniciativas de seus sócios.