IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Lucro do PagBank PagSeguro bate recorde e chega a R$ 1,5 bilhão em 2022

PagBank PagSeguro registrou maior lucro líquido da história - Divulgação
PagBank PagSeguro registrou maior lucro líquido da história Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

02/03/2023 18h35

O PagBank PagSeguro teve lucro líquido de R$ 1,5 bilhão em 2022. Esse é o maior lucro da história da companhia, e 29% acima do registrado em 2021. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (2).

O que aconteceu em 2022

O faturamento da empresa foi de R$ 16,8 bilhões, alta de 48% em comparação ao ano anterior. A receita líquida foi de R$ 15,3 bilhões, uma alta de 47%.

O banco diz que os motivos que justificam o bom resultado são:

  • DNA de tecnologia da empresa
  • Desenvolvimento de produtos escaláveis (com alto potencial de crescimento e baixo custo)
  • Grande variedade de soluções e serviços ofertados aos clientes, como cartões, crédito, investimentos, seguros e Pix
  • Execução de ponta (qualidade do serviço)

Nossa disciplina em controlar custos, despesas e investimentos nos colocou em uma posição única de ser uma das poucas fintechs lucrativas desde o IPO. Fechamos 2022 com uma posição de caixa robusta, mesmo com dois anos de pandemia e um ciclo de alta de juros expressivo.
Artur Schunck, CFO do PagBank PagSeguro

Aumento no número de clientes

O PagBank PagSeguro atingiu 28 milhões de clientes em 2022. Em 2021, eram 22 milhões, o que representa um aumento de 27,3%.

O dado manteve a empresa como o segundo maior banco digital em número de clientes. Perde apenas para o Nubank, que tem 74,05 milhões de clientes.

O que esperar para 2023

Em 2023, vemos uma grande oportunidade de continuar crescendo de forma rentável e sustentável. Queremos consolidar cada vez mais o PagBank, fazendo com que nossos clientes usem mais serviços do banco, aumentando a receita por cliente.
Alexandre Magnani, CEO do PagBank PagSeguro

O maior desafio para o ano é o cenário de juros altos. A empresa vai precisar trabalhar com controle de despesas e reduzir as perdas com crédito ou contestações de compras, segundo Magnani.

Não temos dúvidas de que vamos cumprir nossa agenda com disciplina para passar a adversidade.
Alexandre Magnani