Dá para comprar imóvel ganhando R$ 200 mil? Sheherazade diz que não dava

Após ser expulsa do reality show A Fazenda, da TV Record, a jornalista e ex-âncora de telejornal Rachel Sheherazade revelou em um podcast que, mesmo ganhando um salário de R$ 200 mil na época em que apresentava o SBT Brasil, não tinha casa própria. Mas é possível, com um salário de três dígitos, comprar um imóvel de luxo?

O UOL Economia fez uma simulação para saber em quanto tempo dá para comprar um imóvel de luxo com o salário que a jornalista recebia no SBT. Imóveis considerados de luxo, em São Paulo, são aqueles com valor de R$ 1,5 milhão para cima.

O salário

Rachel era contratada como Pessoa Jurídica (PJ) na emissora. É preciso considerar os descontos de imposto para termos ideia de qual seria o salário líquido mensal da jornalista.

Dos R$ 200 mil, 15% são do Imposto de Renda - o valor é de R$ 30 mil.

Mais 10% de IR são cobrados sobre os R$ 170 mil restantes. Isso porque existe um adicional obrigatório de 10% sobre o valor que exceder R$ 20 mil.

No total, Rachel receberia um salário líquido mensal de R$ 153 mil, segundo os cálculos do especialista.

Esse é o desconto em caso de lucro real. O lucro presumido tem outros descontos, como explica o contador e docente do curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário Max Planck, Grieco Rodrigo Bossardi.

E dá para comprar imóvel com esse salário?

É possível juntar o suficiente para comprar um imóvel de luxo à vista em poucos anos.

Continua após a publicidade

Os cálculos também levam em conta a inflação. A projeção de inflação é de 4,5%, que é o teto máximo determinado pelo governo federal dentro da meta fiscal para 2024.

Se ela poupasse 50% do valor para comprar a casa, juntaria R$ 76 mil por mês. Caso o dinheiro fosse aplicado a 100% do CDI (a 12,15% a.a.), demoraria 19 meses para conseguir comprar um imóvel a vista. Depois de 19 meses, ela teria R$ 1,522 milhão. É importante ressaltar que há cobrança de 17,5% de Imposto de Renda para esse prazo de aplicação.

Se ela poupasse 20% do valor, como é recomendado pelos especialistas para fazer uma poupança, juntaria R$ 30,4 mil por mês. Caso investisse o dinheiro na mesma aplicação de CDI (a 12,15% ao ano), contando a inflação, demoraria 44 meses para conseguir o valor de R$ 1,519 milhão. Nesse caso, o IR sobre o rendimento é de 15%.

O que ela poderia comprar

Imóvel de luxo custa R$ 1,5 milhão para cima. A reportagem consultou a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC) para saber qual é o preço médio de um imóvel de luxo em São Paulo. Segundo a Brain, parceira de dados da associação, o valor de uma residência considerada de luxo na capital é a partir de R$ 1,5 milhão. Acima de R$ 3 milhões, entra na categoria superluxo.

Sala de estar de uma mansão na região do bairro Morumbi, em São Paulo, próximo ao Palácio dos Bandeirantes; valor é de R$ 1,5 milhão
Sala de estar de uma mansão na região do bairro Morumbi, em São Paulo, próximo ao Palácio dos Bandeirantes; valor é de R$ 1,5 milhão Imagem: JSI Imóveis/Reprodução
Continua após a publicidade

Em uma pesquisa em algumas imobiliárias de São Paulo, seria possível, com R$ 1,5 milhão, comprar uma mansão no bairro Jardim Viana, região do Morumbi, próximo ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, com três suítes, quatro vagas de garagem e 320m² de área útil.

Mansão em Embu das Artes custa R$ 1,5 milhão e poderia ser comprada pela jornalista
Mansão em Embu das Artes custa R$ 1,5 milhão e poderia ser comprada pela jornalista Imagem: JSI Imóveis/Reprodução

Ou uma casa em Embu das Artes, cidade da Região Metropolitana, que ocupa um terreno de 8 mil m², com quatro suítes com closets, sala de estar envidraçada com claraboia, aquecimento central à gás, cozinha planejada e garagem com capacidade para 14 veículos.

Errata:

o conteúdo foi alterado

  • A legenda da última foto dizia que a mansão estava localizada em Embu Guaçu. O correto é Embu das Artes. A legenda foi corrigida.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes