Vai procurar emprego? Veja como fazer um currículo que seja lido até por IA

Ano novo, vida nova, emprego novo. Com o início do ano, as empresas costumam reiniciar seus processos seletivos de contratação de novos funcionários, e quem tiver um currículo bem preparado e que se destaque entre os demais, pode sair na frente, inclusive se a empresa usa Inteligência Artificial (IA) na seleção. Confira as dicas de especialistas.

O que fazer para que meu currículo seja visto?

Muitas empresas usam softwares de análise de currículos baseados em IA para fazer a primeira triagem dos candidatos. O sistema adotado por esses softwares são chamados de ATS (Applicant Tracking System, ou sistema de rastreamento de candidatos, em português). Eles são os primeiros a analisar um currículo e decidir a pessoa continua na disputa pela vaga, antes mesmo de qualquer pessoa do departamento de recursos humanos fazer uma análise.

Para "passar" na primeira triagem é importante adotar uma redação bem estruturada e clara, com um formato simples e legível. "Evite designs complicados ou elementos gráficos que podem não ser bem interpretados pelos softwares. Use uma fonte clara e padrões de formatação consistentes para garantir que tanto os recrutadores humanos quanto os sistemas automatizados possam ler seu currículo sem dificuldades", afirma a cientista de dados Jacqueline Rodrigues, proprietária do portal Vagas.com.

Enfatize palavras-chave. Identifique e utilize palavras-chave relevantes para a vaga que está se candidatando. Analise a descrição da vaga para entender quais competências e ferramentas são as mais valorizadas pela empresa. Inclua esses termos de maneira natural, se possuir essas competências, ao descrever suas experiências.

Mantenha seu currículo conciso e relevante. Evite adicionar informações desnecessárias que podem confundir os algoritmos de IA e diminuir sua pontuação. Foque em experiências e habilidades que são diretamente pertinentes à vaga e à sua carreira.

Quais informações não podem faltar?

Considere dividir seu currículo em seções definidas. "Experiência Profissional"', "Educação", "Objetivos Profissionais" e "Atividades Extracurriculares", por exemplo. Isso facilita a leitura e a compreensão do seu perfil por parte dos recrutadores.

Na experiência profissional, vá além de listar funções. "Descreva as atividades realizadas e, mais importante, os resultados concretos alcançados. Assim, em vez de simplesmente dizer 'Gerenciamento de equipe', especifique em frases como "Liderança de uma equipe de cinco pessoas, resultando em um aumento de 30% na produtividade', por exemplo", afirma a cientista de dados Jacqueline Rodrigues.

Continua após a publicidade

Vale descrever de forma clara e direta as metas de carreira que deseja alcançar, refletindo as competências que deseja desenvolver. Por exemplo: "Meu objetivo é avançar na carreira de análise de dados, aplicando e aprimorando minhas habilidades em análise estatística e aprendizado de máquina para gerar insights que impulsionem a inovação e a eficiência. Busco oportunidades que me permitam contribuir significativamente em ambientes desafiadores e que valorizem a criatividade, a ética profissional e o desenvolvimento contínuo."

Evite ser genérico demais. Não use frases como "sou colaborativo" ou "gosto de trabalhar em equipe". Em vez disso, forneça exemplos específicos que demonstrem essas habilidades. Por exemplo: "Colaborei com departamentos transversais em um projeto X, resultando em uma solução inovadora que aumentou a eficiência em 20%".

Mencione atividades relevantes, como participação em hackathons, seminários ou voluntariado. Explique como elas contribuíram para o desenvolvimento de suas habilidades profissionais. Por exemplo: "Participação no hackathon Y me proporcionou conhecimentos avançados em machine learning, aplicáveis em análises de dados complexas".

Existe um tamanho ideal de currículo?

Não existe tamanho ideal. Mas é fundamental colocar apenas as informações relevantes e que realmente representem os conhecimentos e conquistas alcançadas na área da vaga pretendida. Além disso, outra recomendação é evitar colocar informações pouco objetivas, que atrapalham a análise do algoritmo.

Devo colocar pretensão salarial?

Sim, sempre é recomendável.

Continua após a publicidade

Devo declarar que posso ocupar uma vaga afirmativa?

Sim, caso se enquadre em algum critério afirmativo. Essas vagas são são voltadas para aumentar a diversidade dentro das empresas. Atualmente, no Vagas.com, indivíduos pertencentes aos grupos de pessoas negras, mulheres, pessoas trans e pessoas com deficiência podem se beneficiar ao preencher os campos de autodeclaração de identidade de gênero, raça e deficiência, de acordo com Renan Batistela, especialista em diversidade, equidade e inclusão no Vagas.

Estes campos foram criados para promover a inclusão no mercado de trabalho para pessoas desses grupos minorizados. Ao preencher esses campos, as pessoas tornam-se identificáveis por recrutadores de nossas empresas clientes que têm a intenção de realizar afirmativamente a contratação de pessoas pertencentes a esses grupos minorizados. Importante ressaltar que as empresas clientes que optam por acessar informações sensíveis do nosso banco, devem assinar um termo se comprometendo a usá-las para fins de inclusão.

Renan Batistela.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes