Conteúdo publicado há 1 mês

Exemplo, legado, papel fundamental: políticos prestam homenagem a Abilio

Em publicações nas redes sociais, políticos e personalidades lamentaram morte do empresário Abilio Diniz neste domingo (18).

O que aconteceu

"Grandes lições de vida." O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB), o ex-governador João Doria (sem partido) e outros políticos prestaram homenagens a Abilio Diniz ainda na noite de domingo. O governo de São Paulo, comandado por Tarcísio de Freitas (Republicanos), também enviou uma nota de pesar na manhã da segunda (19).

O empresário morreu em São Paulo, aos 87 anos. "É com extremo pesar que a família Diniz informa o falecimento", diz nota divulgada na noite deste domingo (18).

Ele foi "vítima de insuficiência respiratória em função de uma pneumonite", de acordo com o texto divulgado para a imprensa. O empresário viajou para os Estados em janeiro, passou mal e voltou às pressas para o Brasil.

O que disseram

Recebi com grande pesar a notícia do falecimento de Abilio Diniz, um dos maiores empresários brasileiros. Sua vitalidade, dedição ao trabalho e fé no Brasil formaram grandes lições de vida. Que seu exemplo continue a inspirar as próximas gerações de empresários no Brasil. Transmito meus sentimentos a seus familiares e amigos.
Geraldo Alckmin (PSB), vice-presidente da República

Meus sentimentos à família de Abilio Diniz. Que permaneça seu admirável exemplo de perseverança e crença na economia nacional.
Fernando Haddad (PT), ministro da Fazenda

Recebi com tristeza a notícia do falecimento do empresário Abilio Diniz. Uma liderança empresarial brasileira, um homem determinado e com grande contribuição ao país. Lembro a oportunidade que tive de ser entrevistada por ele em seu programa "Caminhos com Abilio Diniz" na CNN, onde conversamos sobre o assunto que tínhamos em comum: o amor ao Brasil e as medidas necessárias para colocá-lo no eixo, na direção de um desenvolvimento sustentável. Meu carinho à sua família e amigos.
Simone Tebet (MDB-MS), ministra do Planejamento

Lamento profundamente o falecimento de Abilio Diniz. Um amigo querido cuja contribuição para o empreendedorismo e desenvolvimento econômico do Brasil, deixa um grande legado. Meus sentimentos à Geyze Diniz, aos filhos, familiares e amigos neste momento de grande tristeza.
João Doria, ex-governador de São Paulo

Continua após a publicidade

Lamento profundamente a morte do empresário Abilio Diniz, aos 87 anos, ocorrida hoje, em São Paulo. Um dos principais empresários brasileiros, participou ativamente das transformações do setor produtivo e teve papel fundamental no desenvolvimento econômico e social do país. Levou recentemente para seu programa na TV, do qual tive a honra de participar, toda a sua experiência na discussão de temas relevantes para os brasileiros. Homem inteligente, atencioso e exemplar, por quem eu nutria profunda admiração. Deixo aqui meus sentimentos à Geyze Diniz, aos filhos, demais familiares, amigos e admiradores.
Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado

O Governo de SP lamenta a morte de Abílio Diniz, um dos maiores empresários brasileiros, aos 87 anos de idade. Inspiração pela sua trajetória, possuía uma visão empreendedora diferenciada e grande dedicação ao trabalho, realizando importantes contribuições para o desenvolvimento do Brasil. O governador Tarcísio de Freitas e o vice-governador Felício Ramuth prestam sinceras condolências aos familiares e amigos.
Nota do governo do estado de São Paulo

Deixe seu comentário

Só para assinantes