Felipe Salto: Suspensão é pontual e não soluciona problema da dívida do RS

A suspensão da dívida do Rio Grande do Sul com a União em meio inundações que assolam o Estado é uma medida pontual e não soluciona o problema, afirmou o colunista do UOL Felipe Salto no UOL News desta segunda (13). O alívio é de R$ 11 bilhões, os juros vão ser zerados e os municípios também vão se beneficiar.

O que o ministro Haddad e a equipe formularam foi uma coisa inteligente, de não dar o perdão da dívida completo, mas sim suspender o pagamento por três anos. Felipe Salto, colunista do UOL

O que temos que cuidar é para não descambar essa proposta em desdobramento para outros estados. Isso tem que ser visto, ao meu ver, como algo emergencial, tópico, pontual. E não como uma solução para a dívida do estado do RS. Felipe Salto, colunista do UOL

Esses quatro estados que tem uma dívida grande com a União, SP, RJ, MG e RS, já estavam pleiteando uma proposta de negociação. Agora, claro, no caso da tragédia as coisas se precipitaram e foi preciso encontrar uma saída específica, temporária e pontual. Não é uma solução para as dívidas dos estados. Felipe Salto, colunista do UOL

Felipe Salto reconhece que há um risco fiscal para a medida do governo federal, mas faz uma ponderação:

É uma baita ajuda que a União está dando. É preciso reconhecer que de fato é uma situação atípica. Claro, existe um risco fiscal? Existe, porque outros estados como Minas Gerais e Rio de Janeiro, que têm uma situação fiscal de contas públicas delicadas, podem querer também entrar nesse tipo de negociação. Mas da forma como o Ministério da Fazenda está conduzindo, eu entendo que esse risco está controlado. Felipe Salto, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Continua após a publicidade

Veja a íntegra do programa:

Deixe seu comentário

Só para assinantes