Bolsas

Câmbio

Caixa e BB vão emprestar até R$ 6,5 bi para Eletrobras, com garantia do Tesouro

SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério da Fazenda autorizou empréstimo de até R$ 6,5 bilhões para a Eletrobras (ELET3, ELET6), a ser concedido por Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, , em operação estruturada com garantia do Tesouro Nacional, segundo despacho publicado nesta terça-feira (12) no Diário Oficial da União.

De acordo com o texto, os recursos do empréstimo serão destinados à recomposição de capital de giro e ao programa de investimentos da estatal de energia elétrica.

O conselho de administração da Eletrobras havia aprovado a captação dos recursos em 21 de julho. Na ocasião, a empresa informou que a Caixa ofereceu R$ 2,5 bilhões e o Banco do Brasil R$ 4 bilhões.

Fonte do governo que acompanhou a negociação do empréstimo informou que a operação está sendo remunerada a 119% do CDI, correspondente a cerca de 13,1% ao ano.

A operação também foi estruturada considerando o chamado "risco Tesouro", em que o governo se compromete a cobrir eventuais riscos.

A análise no governo é de que os bancos privados não participaram do empréstimo por estarem com alta exposição ao setor elétrico.

O financiamento foi oficializado após o Ministério ter anunciado na última quinta-feira o segundo empréstimo do ano para socorrer as distribuidoras de energia, este de R$ 6,6 bilhões, com custo de CDI mais 2,35% ao ano.

Participaram da operação BB, Caixa, Bradesco, Santander Brasil, Itaú Unibanco, BTG Pactual e Citibank. 

(Por Alberto Alerigi Jr., edição de Priscila Jordão e Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos