Bolsas

Câmbio

Ações chinesas caem, apesar de medidas de apoio ao mercado imobiliário

XANGAI/TÓQUIO, 3 Fev (Reuters) - As ações chinesas caíram nesta quarta-feira (3), com os investidores realizando lucros sobre os ganhos da sessão anterior, ignorando novas medidas governamentais, movimento igual ao do restante da região, onde investidores buscavam ativos mais seguros após a terceira queda seguida do petróleo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,4%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,4%.

Na terça-feira, a China disse que vai reduzir o pagamento mínimo requisitado para pessoas comprando imóveis pela primeira ou segunda vez na maioria das cidades, um movimento direcionado para compensar o enorme excesso de imóveis que está pesando sobre o mercado imobiliário e a economia em geral.

Mas alguns analistas dizem que o continuado afrouxamento para impulsionar os preços dos imóveis chineses vai ter pouco efeito no estímulo a novos investimentos imobiliários, e colocará ainda mais pressão de baixa sobre o yuan.

O índice Nikkei do Japão recuou 3,2%, anulando quase todos os ganhos obtidos após o banco central do país anunciar na sexta-feira a introdução de taxa de juros negativa.

"Não há sinal de melhora no mercado de petróleo. A demanda está desacelerando em muitos mercados emergentes e nos Estados Unidos, que é o maior consumidor mundial, os estoques estão altos", disse o chefe de estratégia macroeconômica do HSBC, Shuji Shirota, em Tóquio.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 3,15%, a 17.191 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 2,34%, a 18.991 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,35%, a 2.739 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,43%, a 2.948 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve desvalorização de 0,84%, a 1.890 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou baixa de 0,84%, a 8.063 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times desvalorizou-se 1,1%, a 2.550 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 recuou 2,33%, a 4.876 pontos.

(Reportagem por Samuel Shen e Pete Sweeney em Xangai; Hideyuki Sano em Tóquio)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos