Bolsas

Câmbio

Justiça suspende ações contra Oi por 180 dias enquanto analisa pedido de recuperação

Alberto Alerigi Jr.

  • Efe

SÃO PAULO, 22 Jun (Reuters) - A Justiça do Rio de Janeiro suspendeu por 180 dias ações e execuções contra o grupo de telecomunicações Oi (OIBR3), enquanto analisa dezenas de milhares de páginas do pedido de recuperação judicial da companhia, o maior da história do país.

A suspensão ocorreu por determinação do juiz Fernando Cesar Ferreira Viana, da 7ª vara empresarial do Rio de Janeiro, que aceitou pedido de tutela de urgência afirmando em sua decisão que a análise das 89 mil páginas de documentos encaminhados pela Oi "demandará um período de tempo".

A Oi encaminhou o pedido de proteção contra falência na segunda-feira, informando passivos de R$ 65,4 bilhões.

A decisão de Viana, tomada na noite de terça-feira, teve como objetivo evitar que novas ações judiciais sejam realizadas entre o pedido de recuperação judicial e a eventual aceitação dele.

A companhia marcou para 22 de julho assembleia extraordinária de acionistas para aprovar o pedido de recuperação judicial.

(Edição de Cesar Bianconi)

O que representa pedido de recuperação judicial da Oi? Assista

  •  

Receba notícias do UOL Economia pelo WhatsApp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? Primeiro, adicione este número à agenda do seu telefone: +55 (11) 97258-8073 (não esqueça do "+55"). Depois, envie uma mensagem para este número por WhatsApp, escrevendo só: grana10

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos