Bolsas

Câmbio

Geradora Cesp prevê forte redução de custos em 2017 após devolver hidrelétricas

SÃO PAULO, 17 Ago (Reuters) - A estatal paulista Cesp prevê ter custos bem menores em 2017 devido à devolução à União neste ano da concessão de suas duas maiores hidrelétricas, Jupiá e Ilha Solteira, que foram relicitadas, afirmou nesta quarta-feira o diretor financeiro da companhia em teleconferência com investidores.

O ano inaugurará um período em que a Cesp não terá mais qualquer custo com essas usinas, que até junho ainda eram administradas pela empresa em um acordo de cooperação com a chinesa Three Gorges, que arrematou as concessões dos empreendimentos na relicitação promovida pela União em dezembro.

"Devemos ter agora o restante, metade do ano, já sem as despesas associadas a essa operação... nossa expectativa já no ano que vem, livre de despesas, é de redução da faixa de 800 milhões... quando você compara 2015 com 2017", afirmou o diretor financeiro Almir Martins.

Ele disse que os cortes de despesas envolvem questões como pessoal, custo de uso da rede elétrica pelas usinas, encargos e mesmo impostos, que sozinhos devem responder por cerca de 300 milhões reais da redução prevista.

A Cesp possui ainda ações judiciais com as quais tenta cobrar da União valores a que entende ter direito como indenização pelo fim da concessão dessas hidrelétricas e também de Três Irmãos, a primeira das usinas da empresa a ter o contrato vencido e ser relicitada.

Os pleitos somam mais de 3 bilhões de reais, referentes a investimentos nas usinas que a empresa diz que ainda não estavam amortizados ao final do contrato.

Martins, no entanto, disse que não há previsão de conclusão das ações judiciais, o que fez com que a Cesp também não tenha definido planos para esses recursos, caso vença a disputa.

"O prazo é muito incerto de duração... quando isso acontecer teremos que dar destinação (aos recursos)", disse.

(Por Luciano Costa; Edição de Gustavo Bonato)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos