Bolsas

Câmbio

HSBC começa a cortar cerca de 100 postos de alto escalão, dizem fontes

Anjuli Davies e Lawrence White

  • Carl de Souza/AFP

LONDRES, 20 Jan (Reuters) - O HSBC começou a cortar cerca de cem empregos de alto escalão em sua divisão de banco de investimento no mundo todo nesta semana, de acordo com fontes com conhecimento direto do assunto.

Os cortes afetam os executivos com cargos de diretor administrativo e diretor na divisão de Mercados e Banco de Investimento Global, disseram as fontes.

"Analisamos anualmente os desempenhos em toda (a divisão de) Mercados e Banco de Investimento Global e fazemos as mudanças apropriadas para fortalecer e expandir o negócio", disse um porta-voz do banco em uma declaração por email.

Os cortes no HSBC seguem um ajuste prévio na divisão, em maio passado, conforme a área liderada pelo ex-executivo do Goldman Sachs Matthew Westerman procura reduzir custos.

Westerman, apontado por algumas pessoas como um potencial futuro presidente-executivo do HSBC, fez mudanças radicais, incluindo cortar os postos de trabalho de dezenas de executivos e reestruturar toda a divisão.

Bancos de investimento muitas vezes cortam empregos em janeiro, com os patrões avaliando o desempenho dos funcionários para decidir como os bônus cada vez mais magros devem ser alocados e quais empregados com fraco desempenho eles estão dispostos a demitir.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos