Bolsas

Câmbio

Verizon e Yahoo concordam com oferta mais baixa de US$ 4,48 bilhões

(Reuters) - A Verizon Communications, operadora de telefonia móvel número 1 dos Estados Unidos, afirmou na terça-feira que concordou em comprar o negócio de internet do Yahoo por 4,48 bilhões de dólares, cerca de 350 milhões de dólares a menos do que o preço original.

O acordo irá combinar os recursos de busca, email e de mensagens do Yahoo, bem como ferramentas de tecnologia de publicidade com a unidade AOL da Verizon.

A Verizon estava tentando persuadir o Yahoo a alterar os termos do acordo para refletir o dano econômico de dois ataques cibernéticos.

O fechamento do negócio, que foi anunciado pela primeira vez em julho, foi adiado enquanto as empresas avaliavam as conseqências financeiras das brechas de segurança que o Yahoo divulgou no ano passado.

As empresas disseram nesta terça-feira que esperam que o negócio seja concluído no segundo trimestre.

Sob os termos alterados, Yahoo e Verizon vão dividir as responsabilidades financeiras relacionadas com algumas investigações do governo e litígios de terceiros relacionadas com as violações.

O Yahoo continuará responsável por passivos de ações de acionistas e investigações da Securities and Exchange Commission (SEC, na sigla em inglês), órgão que regula o mercado de capitais dos EUA.

(Reportagem de Aishwarya Venugopal e Anya George Tharakan em Bangalore)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos