Bolsas

Câmbio

Índices da China recuam em meio a preocupações com a liquidez

XANGAI/TÓQUIO, 2 Mar (Reuters) - Os mercados acionários da China caíram nesta quinta-feira (2), com os compradores recuando diante da especulação de uma possível alta dos juros nos Estados Unidos neste mês e das preocupações de que a liquidez pode diminuir com as medidas de Pequim contra a alavancagem.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,66%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,5%.

O índice de blue-chips avançou cerca de 20% no ano passado com sinais de recuperação econômica, sustentado pelo estímulo fiscal de Pequim e esforços para fechar empresas "zumbis".

Mas a alta diminuiu nos últimos meses, sugerindo que novos ganhos poderiam ser limitados.

Se os EUA elevarem novamente os juros neste mês, isso pode desencadear novas saídas de capital e prejudicar a liquidez doméstica, que já está sob pressão pela campanha de "desalavancagem" de Pequim, disse o estrategista da Haiyuan Securities Yang Hai.

Já o índice MSCI avançava, com os investidores encorajados pelo tom menos combativo do presidente dos EUA, Donald Trump, em seu primeiro discurso no Congresso, o que impulsionou Wall Street.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,19% às 7h38 (horário de Brasília), enquanto o índice Nikkei do Japão subiu 0,88%, tendo atingido a máxima de 14 meses durante a sessão.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,88%, a 19.564 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,2%, a 23.728 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,5%, a 3.230 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,66%, a 3.435 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,53%, a 2.102 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 0,18%, a 9.691 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,44%, a 3.136 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 1,26%, a 5.776 pontos.

(Por Hideyuki Sano, Luoyan Liu e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos