Bolsas

Câmbio

Minério de ferro na China tem 3° dia de perdas e segue com perspectiva negativa

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China caíram 4 por cento nesta quinta-feira, no terceiro dia consecutivo de perdas, em meio a persistentes preocupações sobre a demanda em um momento em que enormes estoques se acumulam nos portos do país.

As preocupações cresceram na quarta-feira, após a Moody's rebaixar a nota de crédito da China, potencialmente limitando a capacidade do governo chinês de impulsionar o crescimento econômico.

O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de Dalian , para setembro, fechou em queda de 4 por cento, a 448 iuanes (65 dólares) por tonelada.

A commodity caiu 7 por cento na quarta-feira, na maior queda em mais de duas semanas. O mercado de minério de ferro foi o mais afetado pelo rebaixamento da China pela Moody's entre os futuros de commodities do país.

"No médio a longo prazo, o peso da dívida pode limitar a capacidade do governo de estimular a economia através de investimentos em infraestrutura intensivos em metais... ainda vemos queda no minério de ferro, bem como nos preços do aço, e permanecemos cautelosos", disse em nota o analista da Julius Baer, Carsten Menke.

(Por Manolo Serapio Jr)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos