Petróleo e bancos pressionam mercados europeus

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram nesta sexta-feira, com queda nas ações de empresas de energia e de bancos, terminando a semana com pouca variação.

O índice FTSEurofirst 300 <.FTEU3> caiu 0,22 por cento, a 1.537 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 <.STOXX> perdeu 0,2 por cento, a 391 pontos.

Os bancos tiveram a maior queda <.SX7P>, recuando 0,6 por cento, atingindo a mínima de uma semana na sessão.

Os operadores citaram preocupações com a situação política na Itália e com os bancos regionais Popolare di Vicenza e Veneto Banca, que não vão bem, apesar de o ministro da economia tentar tranquilizar os investidores na quinta-feira de que eles não serão atingidos por nenhum resgate dos dois bancos.

Os papéis ligados ao petróleo <.SXEP> tiveram a maior queda setorial, recuando 1,06 por cento, após a decisão da Organização de Países Exportadores de Petróleo de estender o corte da produção até março de 2018, o que decepcionou os investidores.

As ações da Royal Dutch Shell e da Total também recuaram.

Em LONDRES, o índice Financial Times <.FTSE> avançou 0,40 por cento, a 7.547 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX <.GDAX> caiu 0,15 por cento, a 12.602 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 <.FCHI> perdeu 0,01 por cento, a 5.336 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib <.FTMIB> teve desvalorização de 0,38 por cento, a 21.210 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 <.IBEX> registrou baixa de 0,31 por cento, a 10.904 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 <.PSI20> desvalorizou-se 0,35 por cento, a 5.226 pontos.

(Por Kit Rees e Danilo Masoni)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos